fbpx
UFV

UFV realiza reunião com governo mineiro e representantes do setor florestal para parcerias

Com o objetivo de estimular parcerias e investimentos na Zona da Mata mineira, especificamente na área florestal e de celulose e papel, o reitor da UFV, Demetrius David da Silva, se reuniu com o vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant; o deputado estadual Roberto Andrade; o diretor geral da Sociedade de Investigação Florestal (SIF) e chefe do Departamento de Engenharia Florestal (DEF), Sebastião Valverde; o diretor científico da SIF e professor do DEF, Glêison dos Santos; e com os representantes de empresas de diversos locais do Brasil associadas à SIF. O encontro virtual aconteceu na manhã desta segunda-feira (07), dentro do Vem pra Minas, programa realizado por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede), focado em atração de parcerias com projetos inovadores.

Na reunião, o vice-governador esclareceu dúvidas dos representantes das empresas sobre as estratégias do governo para o setor florestal e destacou que o investimento, com inovação, é o caminho sustentável para gerar desenvolvimento, produtividade e emprego. Ele lembrou ainda que o setor florestal é portador do futuro, sendo fundamental que o governo assuma o seu papel de articulador e indutor de projetos, estabelecendo cada vez mais parcerias na área de ciência e tecnologia com universidades e empresas.

O deputado estadual Roberto Andrade afirmou que “a UFV tem sido grande fomentadora do desenvolvimento de Minas e do Brasil e geradora de tecnologia e conhecimento”. Por isso, ressaltou, aos representantes das empresas, que investir em Minas Gerais, com apoio do governo mineiro e a excelência da UFV em pesquisa e inovação tecnológica é, com certeza, um grande negócio”.

O reitor da UFV lembrou que 95% das pesquisas no Brasil são realizadas nas universidades públicas em programas de pós-graduação, sendo que a UFV possui 11 deles com os conceitos máximos 6 e 7, avaliados pela Capes. Afirmou que a “expertise da Universidade no setor florestal, por exemplo, deve ser melhor aproveitada para contribuir com o desenvolvimento de Minas e a empregabilidade dos nossos egressos.”

Demetrius elogiou o DEF pela competência e entusiasmo em conduzir importantes trabalhos, como o da unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) de Fibras Florestais, em que a UFV foi a primeira das instituições agraciadas pelo edital a assinar contrato para início dos projetos. O reitor agradeceu ainda ao vice-governador e ao deputado estadual Roberto Andrade, por se colocarem à disposição e estarem alinhados na missão de auxiliar no desenvolvimento do setor florestal, e destacou que a expectativa é que os investidores participantes da reunião venham para Minas, certos “de que a UFV estará sempre aberta a recebê-los e a trabalhar em parceria”.

Fonte: UFV.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo