fbpx
Polícia

Gaeco deflagra operação e prende agente público por possível envolvimento com crimes como tráfico de drogas na Zona da Mata mineira

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Regional Zona da Mata, em conjunto com o Gaeco Central e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), deflagrou nesse domingo, 20 de dezembro, a Operação “Versus”, realizando ações nos municípios de Visconde do Rio Branco e Cataguases, na Zona da Mata Mineira.

O objetivo da ação é apurar o envolvimento de um policial militar com integrantes de uma organização criminosa denunciada pelo MPMG no início deste ano.

Ao todo, foram cumpridos um mandado de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão. Durante as diligências, foram apreendidos objetos de interesse às investigações, inclusive uma porção de substância entorpecente.

Essas diligências são decorrentes da Operação “Duplo Impacto”, deflagrada pelo Gaeco no dia 10 de março deste ano. Na ocasião, foram desmanteladas duas organizações criminosas. Dezessete membros foram denunciados por crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte de armas, homicídios e outras infrações violentas.

A palavra Versus tem origem no Latim e indica relações de oposição ou contradição, já que, durante as investigações, apurou-se que, em tese, um policial militar possuiria elo com integrantes de um grupo criminoso, praticando ações contrárias aos valores éticos inerentes à PMMG, opondo-se à lei.

As investigações prosseguem no âmbito do MPMG, a fim de apurar os possíveis crimes praticados pelo envolvido, bem como o envolvimento de terceiros que atuariam em conluio com os investigados.

A operação desse domingo contou com o apoio da Subcorregedoria da 4ª RPM da PMMG. Também participaram da operação promotores de Justiça, policiais militares e servidores do MPMG.

 

Fonte: Gaeco/Regional Zona da Mata

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo