fbpx
UFV

Periódicos renomados da Física trazem artigos assinados por pesquisadores da UFV

Em 2020, diversos pesquisadores da UFV se destacaram com estudos relacionados ao SARS-CoV-2, o novo coronavírus, que está abalando o planeta: já são mais de 75 milhões de infectados e quase dois milhões de mortos em todo o mundo. Em muitos países, a evolução dos números da Covid-19 foi sinalizada, por exemplo, por estudos conduzidos por pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Física da UFV a partir de modelos matemáticos computacionais específicos para a área epidemiológica. Esses estudos ganharam, ao longo do ano, visibilidade na imprensa do Brasil e do mundo e páginas de importantes periódicos científicos.

A mais recente publicação aconteceu na Physical Review X, uma das mais prestigiadas revistas na área da física pura, aplicada e interdisciplinar do mundo. O periódico publicou, no último dia 18, um artigo que tem entre os seus autores Wesley Cota, pós-doutorando do Programa de Pós-Graduação em Física da UFV. O estudo Modeling the spatiotemporal epidemic spreading of COVID-19 and the impact of mobility and social distancing interventions (Modelando o espalhamento espaço-temporal da epidemia de COVID-19 e o impacto de intervenções de mobilidade e de distanciamento social) é resultado de um trabalho realizado na Universidad de Zaragoza (Espanha).

Wesley esteve naquela instituição, de agosto de 2019 a agosto de 2020, financiado pelo Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE) da Capes. Ele integrou o Grupo de Modelagem Teórica e Aplicada do Instituto de Biocomputación y Física de los Sistemas Complejos, que assina o artigo. Nele, os pesquisadores abordam um modelo de metapopulação que desenvolveram para entender a disseminação da Covid-19 no que diz respeito à sua transmissão entre os indivíduos, às especificidades de certos grupos demográficos e aos padrões de mobilidade humana dentro e entre regiões da Espanha. O trabalho fornece uma expressão analítica para o número reprodutivo efetivo R(t) em função de restrições de mobilidade e contato social, permitindo avaliar o impacto dessas medidas no espalhamento da Covid-19.

Também em dezembro, duas semanas antes da Physical Review X, a Physical Review Research trouxe o artigo Outbreak diversity in epidemic waves propagating through distinct geographical scales (Diversidade de surtos em ondas epidêmicas propagando por diferentes escalas geográficas), que tem como primeiro autor Guilherme Costa, doutorando da Pós-Graduação em Física da UFV. Wesley Cota e o seu orientador, professor Silvio da Costa Ferreira Júnior, também assinam o trabalho 100% desenvolvido na UFV. Ele traz um estudo sobre a propagação da Covid-19 no Brasil, na fase inicial da pandemia, caracterizando a interiorização da doença no país, que acabou, de fato, acontecendo. Os pesquisadores que assinam o artigo integram o Grupo de Investigação de Sistemas Complexos (GISC), do Departamento de Física da UFV, do qual o professor Silvio é o coordenador.

Os estudos desenvolvidos pelo GISC também se destacaram no noticiário. Diferentes veículos de comunicação repercutiram, por exemplo, a notícia publicada pelo jornal O Globo, em 16 de dezembro, de que a alta recente de óbitos em todo o Brasil é decorrente, principalmente, do grande número de mortes registradas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Até aquele dia, a capital fluminense liderava o ranking de municípios com maior número de mortes confirmadas por Covid-19.

A afirmação sobre o Rio teria como fonte a página que Wesley mantém na internet. Diariamente, ele publica gráficos por região, estado ou município para o número de casos e óbitos confirmados de Covid-19 no Brasil. A atualização acontece a partir de dados fornecidos pelas secretarias estaduais de Saúde e obtidos por meio do Brasil.IO e Ministério da Saúde. Nesta página, há um mapa da disseminação da Covid-19 entre os municípios do Brasil.

Vale destacar que, no pós-doutorado na UFV, Wesley está trabalhando o projeto Modelagem matemática da disseminação geográfica da Covid-19: Predição, estratégias de mitigação, supressão e distribuição de recursos, aprovado pelo professor Silvio no Edital de Seleção Emergencial III Capes – Telemedicina e Análise de Dados Médicos.

Fonte: UFV.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo