fbpx
Polícia

Final de semana sangrento em Porto Firme

A cidade de Porto Firme viveu um final de semana de muita violência nessa última semana.

A cidade que registrou em menos de 20 dias dois homicídios se deparou nos últimos dias com três assassinatos, uma operação policial e tentativas de homicídios.

Na segunda-feira, 21, Túlio Egídio da Silva, 32 foi assassinado a tiros por volta das 20 horas, na rua Martins Santana, bairro Josafá Sobreira. Este crime já havia chamado a atenção da polícia por ser o segundo em 18 dias já que na terça-feira, 8 de dezembro, Cleverson André Eufrásio, 38, havia sido assassinado, também a tiros, no mesmo bairro que Túlio. Essas mortes motivaram as polícias Militar e Civil a realizar uma operação conjunta para prender os autores desses crimes.

Morador de Viçosa assassinado a tiros em Porto Firme

Na tarde de ontem, domingo, 27, a cidade de Porto Firme voltou a registrar outro assassinato desta vez na localidade da Fazenda Estiva, Morro do Cabral, zona rural, onde Matheus Iuri Ferreira da Costa, 23, foi morto a tiros.

Por volta das 17 horas moradores do local acionaram a Polícia Militar e informaram que numa estrada de terra daquela localidade havia um homem caído aparentando estar morto.

Os policiais foram até o local e lá encontraram já sem vido o corpo da vítima. Segundo a polícia, o corpo da vítima apresentava diversas perfurações provenientes de disparos de arma de fogo. No local do crime ninguém reconheceu a vítima.

A perícia da Polícia Civil foi acionada e foi até o local. De acordo com informações da polícia, a perita durante os trabalhos de praxe constatou onze perfurações no corpo da vítima, sendo as perfurações no glúteo, nas costas, na barriga, no ombro, pescoço e cabeça, e recolheu no local 5 estojos deflagrados de munição calibre ponto 40 e um projétil do mesmo calibre. Logo após o termino dos trabalhos a perita liberou o corpo da vítima para ser encaminhado ao IML (instituto Médico Legal), em Conselheiro Lafaiete, pela funerária de plantão. A polícia informou que durante a ocorrência recebeu informações de que à vítima era moradora do bairro Santo Antônio, em Viçosa. Os militares foram até o endereço da vítima, e lá através de fotografia parentes reconheceram o corpo como sendo de Matheus. Os militares continuam em rastreamento, mas até o momento ninguém foi preso.

Dois homens baleados em Porto Firme

Dois homens foram baleados durante jogo de baralho, na zona rural Porto Firme.

Por volta das 20 horas de domingo, 27, policiais militares foram até um bar localizado no lugarejo Ponte Alta, zona rural de Porto Firme.

No local, populares relataram aos militares que o atual vereador de Porto Firme, José Geraldo Januário, conhecido como “Nem Coutinho”, de posse de uma arma de fogo atirou nos participantes de um jogo de baralho.

Segundo a polícia, os disparos acertaram três homens de 44, 46 e 39 anos, todos no abdômen.

As vítimas foram socorridas e encaminhadas para o Pronto Socorro Municipal, onde foram atendidas e duas delas foram transferidas para os hospitais de Viçosa.

Segundo a polícia, o autor dos disparos, José Geraldo Januário fugiu do local do crime, em um automóvel que foi localizado próximo a residência da mãe dele na mesma localidade onde ocorreu os disparos.

O veículo utilizado pelo vereador na fuga foi apreendido e removido para o pátio credenciado do Detran.

Até o fechamento desta matéria, o suspeito não havia sido localizado, as vítimas que forma transferidas para Viçosa passaram por cirurgia e ficaram internadas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo