fbpx
Cidade

Governo e PMMG apresentam plano de ação para os motoristas de aplicativo

Os motoristas de aplicativo de transporte já contam com um plano de ação para reforçar a segurança na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A novidade foi informada aos representantes dos profissionais durante reunião, nesta segunda-feira (11/1), com o secretário-geral de Estado, Mateus Simões, e com  o chefe do Estado Maior, coronel Eduardo Felisberto Alves. O encontro contou com a participação do deputado Barto e da equipe da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG).

O secretário Mateus Simoes destacou o reforço do efetivo nas ruas. “Estabelecemos que os policiais que estão em treinamento venham somar nesse esforço de operações voltadas a garantir a segurança dos motoristas e dos usuários”. O secretário também lembrou de relatos dos motoristas que já sentiram a mudança nas ruas, com a abordagem policial.

Na oportunidade, os participantes também puderam constatar que demandas apresentadas pelos trabalhadores estão de acordo com o que está sendo planejado e executado pela polícia. A PMMG explicou sobre o funcionamento do plano de ação e o apoio aos motoristas e usuários do aplicativo de transporte, além de alertar os motoristas sobre comportamentos que poderão preservar a segurança dos trabalhadores.

As ações começaram a ser traçadas e executadas logo após a reunião do Governo de Minas e da PMMG com os motoristas no dia 5 de janeiro, quando as propostas foram discutidas. O coronel Eduardo Felisberto disse que as discussões estão voltadas para ação preventiva. “A prisão é importante, mas se não houver o crime é ainda melhor. São operações que possam trazer mais tranquilidade para motoristas e passageiros”, afirmou.

A Polícia Militar irá atuar de maneira preventiva e reativa, com a ampliação do monitoramento, plano de contingência, estruturação da rede de motoristas  protegidos, aumento do número de militares nas viaturas, em locais estratégias. Além disso, em alguns casos, poderão ser utilizados equipamentos tecnológicos para a prevenção de delitos.

Por questões de segurança, as ações  realizadas pela Polícia Militar não serão detalhadas.

Warley Leite é um dos representantes dos motoristas que tem boas expectativas da parceria com a PMMG. “Vai ajudar muito o motorista a se sentir mais seguro. Vai nos ajudar a buscar as blitze e a livrar da violência”, disse.

Nova reunião será agendada para discussão de resultados e de novas propostas.

Segurança em Minas 

Em 2020, Minas Gerais encerrou com recorde na redução da criminalidade pelo segundo ano consecutivo. De janeiro a novembro, de 2020, houve queda de 33,3% nos crimes violentos, o melhor resultado em criminalidade dos últimos nove anos. Esse percentual representa a ocorrência de menos 21.194 mil crimes violentos em relação a 2019.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo