fbpx
UFV

Projeto de Grupo de Pesquisa da UFV e UFLA vence competição internacional

O professor Marcio Duarte, do Departamento de Zootecnia da UFV, integra o projeto Use of system biology approach to optimize Nitrogen and Phosphorus nutrition during early life development of cattle, vencedor do Innovation Awards Roullier 2020, promovido pelo grupo francês Roullier. A notícia foi divulgada nessa segunda-feira (11), em uma cerimônia virtual. O projeto, vencedor da categoria Animal Nutrition, é resultante de parceria entre a UFV e a Universidade Federal de Lavras (UFLA), por meio dos professores Marcio Duarte e Mateus Gionbelli, respectivamente. Mais de 100 projetos provenientes de universidades e centros de pesquisa de 32 países concorreram ao Innovation Awards Roullier 2020, que premiou ainda a categoria Plant Nutrition.

O projeto faz parte de um dos trabalhos do Grupo de Pesquisa em Nutrição Gestacional e Programação Fetal em Bovinos de Corte do CNPq, coordenado conjuntamente pelos professores Marcio e Mateus. Seu objetivo é avaliar, em bovinos, os impactos da nutrição materna sobre o desenvolvimento do tecido muscular esquelético da progênie. Mais especificamente, o que os pesquisadores desejam é compreender os efeitos da suplementação com nitrogênio e fósforo, durante a gestação, sobre os mecanismos biológicos que controlam a formação e o desenvolvimento do tecido muscular esquelético em bovinos de corte.

De acordo com o professor Marcio, o projeto permitirá que o conhecimento construído ao longo dos anos pelo grupo de pesquisa se aplique ao desenvolvimento de tecnologia que possa ser utilizada pela indústria. “Acreditamos que, a partir do conhecimento gerado, será possível direcionar a indústria para o desenvolvimento de produtos e a construção de conceitos que possam ser diretamente aplicados no campo. Isso resultará em maior eficiência na produção de carne bovina, gerando maior produtividade com menor demanda por área e insumos de produção”.

Para o desenvolvimento do projeto pelos departamentos de Zootecnia da UFV e da UFLA, os pesquisadores contarão com o financiamento de 75 mil euros e um contrato de pesquisa de um ano, que pode ser o ponto de partida para uma colaboração de longo prazo com o Centre Mondial de l’Innovation (CMI) Roullier. O projeto envolverá estudantes de graduação e pós-graduação de ambas as universidades.

Apesar do grande desafio, o professor Marcio não tem dúvidas sobre a contribuição substancial que o projeto dará para a produção de carne bovina em todo o mundo. E ressalta: “muito nos orgulha poder colocar a UFV e a UFLA em visibilidade para o mundo. É uma vitória conjunta, que coloca não somente as universidades, mas também as ciências agrárias em posição de destaque. Isso abre inúmeras portas, principalmente para os nossos discentes, que se submeterão ao mercado de trabalho no futuro”. O professor Marcio se diz orgulhoso pela possibilidade que ambas as instituições proporcionaram aos pesquisadores. “É sempre uma alegria muito grande poder retribuir à altura o que a UFV e a UFLA representam”.

Vale destacar que o professor Marcio é graduado em Zootecnia pela UFV, onde também cursou mestrado, doutorado e pós-doutorado. Foi, inclusive, durante o doutorado que começou a trabalhar conjuntamente em pesquisas com Mateus Gionbelli. O professor da UFLA também realizou mestrado e doutorado no Departamento de Zootecnia da UFV.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo