fbpx
Polícia

Em legítima defesa, PM de Viçosa mata agressor e deixa outro ferido em Visconde do Rio Branco

Um militar de Viçosa matou um agressor e deixou outro ferido, na zona rural de Visconde do Rio Branco, no último sábado (16). De acordo com as apurações do Primeiro a Saber, ele agiu em legítima defesa e isso foi provado ao Delegado da Polícia. Portanto, ele foi liberado da Delegacia após o ocorrido.

O caso aconteceu durante uma confraternização familiar, quando dois irmãos, de 33 e 34 anos, aparentemente sob uso de alguma substância ilícita, tentaram entrar no local sem serem convidados. Com a negativa do dono da residência, senhor de 75 anos e pai do policial, os dois partiram para a agressão contra os convidados.

Ciente dos atos, o policial, em posse de sua arma de fogo, de voz de prisão aos dois, que se irritaram e também partiram para cima do militar. Com isso, um deles foi atingido na perna e cessou os ataques, enquanto o outro prosseguiu e foi baleado algumas vezes.

Após o acontecimento, o policial prontamente solicitou a presença da PM e do Samu para atenderem os baleados, que foram encaminhados ao hospital. Um deles não resistiu aos ferimentos e veio a óbito, enquanto o outro segue internado, mas em bom estado de saúde. Vale destacar que os dois já têm diversas passagens pela polícia, incluindo por agressão.

Além disso, o policial e as demais vítimas da agressão também foram interrogadas. Após ficar provado ter agido em legítima defesa, o militar foi liberado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo