fbpx
Polícia

Secretária Municipal de Assistência Social de Cajuri esclarece que não TEM relação com crime de estelionato e furto de auxílio emergencial

Nessa terça-feira (12), foi divulgada a informação de uma suspeita da cidade de Cajuri que teria praticado estelionato e furtado o auxílio emergencial de um homem em Cajuri.

No caso, a vítima cita que a suspeita trabalharia no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do Município de Cajuri. Porém, ao apontarmos a matéria, resguardando a identidade da suspeita, foi utilizado o termo “secretária” para fazer referência a essa mulher que fez o atendimento e que está sendo investigada.

A equipe do Primeiro a Saber esclarece que o uso do termo secretária foi utilizado no sentido geral da palavra, com significado que abrange a funcionalidade de recepcionista/atendente. Assim, a atual Secretária Municipal de Assistência Social, Dulcineia da Costa esclarece que não tem nenhuma relação com o caso citado.

A suspeita, refere-se a uma secretária no sentido de ATENDENTE que já foi identificada, está sendo investigada pela polícia.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo