fbpx
Cidade

Mesmo com Vacina, população de Viçosa precisa continuar se protegendo

A vacinação em Viçosa deve iniciar nos próximos dias, mas a COVID-19 ainda exige cautela, já que os números de internações nunca foram tão altos.

O Hospital São João Batista (HSJB), referência para atendimento da COVID-19 em Viçosa e região, teve leitos ocupados durante todos os dias desse mês, chegando algumas vezes a mais da metade da ocupação disponível. Também houve aumento no número de atendimento do Pronto Atendimento da Instituição.

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do HSJB (SCIH), continua realizando treinamentos contínuos de atualização, reciclagem e capacitação com todos os envolvidos no atendimento a COVID-19. Nesse mês, os profissionais da linha de frente receberam treinamentos que reforçaram o uso correto da paramentação, procedimentos para coleta de exames, treinamento para atendimento de pacientes hemodinamicamente instáveis, treinamento visando ressuscitação cardiopulmonar e reforço no fluxo de higienização.

A Enfermeira responsável pelo SCIH do HSJB, Paula Coelho Balbino, pede a população que procure o Pronto Atendimento apenas em momentos que realmente é necessário; ex. desconforto respiratório, dores musculares intensas ou febre continua. Paula destaca também a importância de continuar com o uso da máscara e todos os cuidados de higienização das mãos, uso do álcool e manter o distanciamento social sempre que possível e frisa a importância de tomar a vacina assim que estiver disponível para o seu grupo. “Só com a vacinação de grande parte da população poderemos diminuir os casos graves e internações hospitalares. Até atingir os números de vacinados, para que haja uma imunidade de rebanho, precisamos continuar com os cuidados, para não se tornar vetor da doença”.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo