fbpx
CidadeSaúde & Bem Estar

Mais 49 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 em Viçosa

No total, restam 117 doses a serem aplicadas na população do município

Mais 49 pessoas foram vacinadas em Viçosa de ontem para hoje, segundo o último “vacinômetro”, publicado pela Prefeitura de Viçosa. Portanto, no total, o Setor de Atenção Primária em Imunizações já contabiliza 1.269 pessoas vacinadas contra a Covid-19 desde o dia 21 de janeiro.

Vale lembrar que, no total, a Unidade Regional de Saúde (URS) de Ponte Nova enviou para Viçosa 1.386 doses da CoronaVac e já deixou o mesmo quantitativo armazenado para a aplicação da segunda dose. Portanto, restam apenas 117 doses do imunizante para serem aplicadas na população do município. É importante ressaltar ainda que cada pessoa deve tomar duas doses da vacina e o intervalo entre elas é de 14 dias.

Prioridade

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) estabelece como prioritários, nesta primeira fase, os profissionais de saúde da linha de frente contra a Covid-19 e idosos em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), como é o caso do Lar dos Velhinhos.

Cadastro dos trabalhadores de Saúde

Os profissionais de saúde que não foram contemplados na primeira etapa de imunização já podem preencher o cadastro do Plano de Vacinação. A ação não se trata de um agendamento, mas se refere ao planejamento do setor para que os profissionais inscritos recebam as doses do imunológico, sem aglomerações, conforme o envio das vacinas pela URS de Ponte Nova (Unidade Regional de Ponte Nova).

Conforme o Setor de Imunizações, quando houver imunológico disponível o profissional de saúde que estiver cadastrado será contatado para ser vacinado. Podem se inscrever os trabalhadores que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, seja em hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Ou seja, tanto os profissionais de saúde (nutricionistas, médicos veterinários, fisioterapeutas, farmacêuticos e outros), quanto os trabalhadores de apoio desses locais (recepcionistas, cozinheiros, motoristas de ambulâncias e outros).

É necessário preencher todos os itens solicitados no formulário, tais como: nome completo; idade; sexo; telefone; número do cartão do SUS (Sistema Único de Saúde); estabelecimento onde trabalha (Hospital, Clínica, Laboratório etc.). No dia da vacinação, além do documento de identificação, o profissional terá que apresentar comprovante de exercício da profissão, como a Carteira de Registro Profissional da Categoria no respectivo Conselho ou outro. O cadastro pode ser feito aqui

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo