fbpx
CidadeMinas GeraisPolítica

Prefeito de Viçosa se encontra com governador de Minas Gerais

No encontro, Raimundo Nonato pede agilidade na logística de liberação de novos lotes da vacina

O prefeito de Viçosa, Raimundo Nonato Cardoso (Raimundo Violeira) esteve em Belo Horizonte, no último dia 2 de fevereiro. Na Cidade Administrativa, o gestor municipal participou de um encontro com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

Raimundo Violeira esteve acompanhado do vice-prefeito, Luís José de Arruda Alves (Tilu); do procurador geral do município, Adriano de Castro Antônio; dos secretários Dionísio Márcio Irias de Souza (Fazenda) e Luan Campos Monteiro (Administração) e do deputado estadual, Roberto Andrade. Pela manhã, ele cumpriu agenda no Palácio Tiradentes onde teve a oportunidade de apresentar ao governador de Minas as demandas de Viçosa.

À ocasião o prefeito Raimundo Violeira agradeceu a receptividade do governador que ouviu todas as demandas dos prefeitos. Violeira pediu a Romeu Zema que empenhasse todos os seus esforços no atendimento das demandas dos prefeitos mineiros e que concentrasse sua força nas ações relacionadas à saúde, principalmente, no combate a pandemia do novo coronavírus.

Sobre esse assunto, o prefeito de Viçosa pediu apoio do Governo de Minas para uma maior agilidade na logística de liberação de novos lotes da vacina aos municípios e reforçou a necessidade de o governo continuar enviando os insumos para a realização dos testes. Raimundo alertou para a grave situação financeira dos municípios, relacionada ao emprego e renda que estão sendo causados pela pandemia.

O período da tarde da terça-feira, foi reservada para a participação em seis palestras: Cidades inteligentes e o uso do conhecimento geográfico; Aspectos práticos da Regularização Fundiária; Elaboração de Projetos/Emendas; Fiscalização das Contas Públicas; Improbidade Administrativa e Convênio de licenciamento ambiental com os municípios.

Durante toda a programação foram seguidos todos os protocolos de segurança sanitária como aferição de temperatura, distanciamento físico, higienização das mãos com álcool 70%, e uso obrigatório de máscara.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo