fbpx
PolíciaRegião

Mulher coloca fogo na própria casa, em Teixeiras

A mulher foi presa por conta do ocorrido. Não houve vítimas.

Uma mulher de 42 anos, conhecida no meio policial por ser uma usuária assídua de entorpecentes, colocou fogo na sua própria casa. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram chamados por moradores próximos, que alegavam que as chamas estavam se alastrando e poderiam atingir casas vizinhas. Entretanto, os próprios moradores conseguiram conter o fogo com baldes de água e mangueiras.

Em contato com a PM, o irmão da autora do incêndio relatou que nos últimas dias ela estava dizendo que “queria se matar” e que “queria matar ele também”. Segundo ele, a ameaça ocorrer pelo fato dele não apoiar a irmã em suas atitudes. Ainda de acordo com o irmão, ele e seus familiares já internaram a dependente química diversas vezes em clínicas de reabilitação, mas não adiantou.

Um dos vizinhos da autora do incêndio ainda informou a polícia que estava dormindo em sua casa com sua esposa e seus dois filhos, quando ouviu a gritaria e percebeu que muita fumaça estava entrando em sua casa. Com isso, ele saiu rapidamente com sua mulher e filhos, quando percebeu o incêndio na casa vizinha.

Confissão

Diante disso, a autora foi conduzida até o quartel da Polícia, onde afirmou que realmente queria se matar e matar seu irmão, que mora na mesma casa. Ela ainda relatou que iniciou o incêndio jogando álcool no colchão da cama. Além disso, ela contou que só não continuou dentro da residência pelo fato de uma mulher, sem identificação, ter lhe agarrado pelo braço e lhe retirado da residência.

Por conta de todos os fatos, a PM deu voz de prisão à mulher de 45 anos pelo crime de incêndio, assim colocando em risco a vida e o patrimônio de vizinhos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo