fbpx
Minas Gerais

Emendas do deputado Roberto Andrade garantem novas viaturas para cidades da Zona da Mata

O Governo de Minas começou as entregas de viaturas começaram na última sexta-feira (26).

O Governo de Minas começou na última sexta-feira (26/02) a entrega de viaturas que irão reforçar a segurança pública nos municípios mineiros. Os automóveis e motocicletas, que serão usados pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), foram adquiridos por meio de recursos de emendas parlamentares federais e estaduais e de convênios com o Fundo Nacional de Segurança Pública, Departamento de Polícia Rodoviária Federal e municípios.

O deputado Estadual Roberto Andrade indicou recursos para a compra de novas viaturas para as cidades de São Sebastião da Vargem Alegre, São Miguel do Anta, Ponte Nova, Cajuri e Araponga.

Ao todo, foram investidos cerca de R$ 60 milhões para a compra dos veículos. Neste primeiro momento serão contemplados municípios da região Central do estado das 1ª, 2ª, 3ª, 7ª e 19ª Regiões de Polícia Militar. Novas entregas serão feitas nas demais regiões mineiras nas próximas semanas.

As viaturas serão usadas para o patrulhamento preventivo e ostensivo, oferecendo melhores condições de trabalho aos policiais e segurança para a população.

“Nossas emendas parlamentares são mecanismos de garantia de distribuição de recursos para vários municípios mineiros e estas emendas destinas para segurança pública contribuirão, ainda mais, para a redução da criminalidade no Estado.”, destacou o deputado.

Resultados

Os crimes violentos caíram 32,92% em Minas Gerais ao longo de 2020, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Os dados representam um total de 22.748 crimes a menos em todo o estado em relação a 2019. Dentre os 15 índices monitorados mensalmente pelo Observatório de Segurança Pública, 14 apresentaram redução. No comparativo com 2018, a queda da criminalidade violenta chega a 51,26%.

Importante indicador da criminalidade e um dos menos afetados pelo contexto de distanciamento social, o número de vítimas de homicídios consumados apresentou queda de 6,43% no estado. Na capital, a redução foi ainda maior, de 14,17%. Levando em conta o interior, 612 municípios – o equivalente a 71,75% do total – não registraram homicídios, mantiveram ou reduziram os índices na comparação com 2019.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo