fbpx
RegiãoSaúde & Bem Estar

“Situação é crítica”, diz secretário de Saúde de Teixeiras, em entrevista ao Jornal da Montanhesa

O Serviço de Vigilância Epidemiológica confirmou nesta segunda-feira (01) mais nove casos de Covid-19 na cidade.

O Serviço de Vigilância Epidemiológica, da Prefeitura Municipal de Teixeiras, confirmou nesta segunda-feira (01) mais nove casos de Covid-19 na cidade. Agora, o município contabiliza 264 casos positivos confirmados. Além disso, cinco óbitos também foram registrados.

Em entrevista ao Jornal da Montanhesa desta segunda, o secretário de Saúde de Teixeiras, Fábio Braga, disse que a situação do município em relação a pandemia da Covid-19 é muito complicada, assim como em todo o Brasil. De acordo com ele, nos últimos dias a cidade teve uma explosão de casos o que mostra que a carga viral circulando é muito alta.

Além disso, o nível de complicação dos pacientes é uma outra preocupação. Isso porque, em 10 dias, a cidade registrou três mortes, enquanto durante toda a pandemia, apenas dois haviam sido confirmadas.

“A sensação que temos é que a situação pode sair do controle a qualquer momento.”, afirmou Fábio Braga.

O secretário ainda pontou que a população, infelizmente, tem colaborado muito pouco, e que uma parcela ainda insiste em não seguir as recomendações da saúde. Esse grupo, por menor que seja, tem colaborado com a propagação do vírus no município.

Além disso, ele afirmou que o volume de pacientes necessitando de atendimento é muito alto, e que a cidade não está conseguindo atender a todos. Ainda de acordo com o Fábio, existe um risco, pelo volume de pessoas que estão sendo atendias, de haver uma crise de abastecimento ou assistencial.

Em relação a medidas de restrição, as regras serão endurecidas nos próximos 15 dias para tentar reduzir a carga viral na cidade – até por isso, o município retornou à Onda Vermelha do ‘Minas Consciente’. No entanto, se não bastar, medidas mais drásticas serão tomadas.

“Se não der certo, vamos tomar medidas mais drásticas. O ‘Lockdown’ é uma opção.”, finalizou o secretário.

Confira abaixo os detalhes dos casos confirmados hoje (01):

Imagem: Divulgação / Prefeitura

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo