fbpx
CidadeSegurança

Inclusão Produtiva estimula detentos a confeccionar uniformes escolares

O Setor de Inclusão Produtiva da Secretaria Municipal de Assistência Social, coordenado por Raphael Gustavo dos Santos, vai oferecer condições de confecção de uniformes para atender os alunos da Rede Municipal de Ensino, gratuitamente. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, através da secretária, Marli Aparecida Franco, e a direção do Presídio de Viçosa, representada pelo diretor geral, Vinícius Coutinho.

Segundo Raphael Gustavo, a Inclusão Produtiva quer empreender e motivar os detentos, em regime fechado, a desempenhar uma função que será benéfica para o Município de Viçosa e para eles próprios. A parceria funcionará com a prefeitura fornecendo a estrutura (instrutores, tecidos, aviamentos e equipamentos), usando a mão de obra dos detentos que terão um dia, a cada três trabalhados, reduzido de suas penas. A expectativa é de que quando voltarem as aulas presenciais, algumas escolas municipais já possam receber os primeiros lotes dos novos uniformes.

Cerca de 15 detentos estão envolvidos no projeto. Eles já fizeram um curso preliminar de corte e costura e, agora, estão sendo capacitados, por professoras cedidas pela Assistência Social Municipal, para produzirem os uniformes que serão de extrema utilidade para os alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica, de algumas escolas do município.

A apresentação do projeto foi feita à direção do Presídio de Viçosa e à Secretaria Municipal de Educação, e de acordo com Raphael Gustavo, autor da criação e desenvolvimento da ideia, o projeto é considerado como pioneiro na área de inclusão e capacitação de detentos. Segundo a secretária de Educação, Marli Franco, os acertos finais estão sendo alinhados e a expectativa é de que em breve seja iniciada a fabricação dos uniformes.

Além de Raphael, Marli e Vinícius também participaram da apresentação do projeto a chefe do Departamento de Assistência Social, Luciane Arruda; o subdiretor do Presídio de Viçosa, Lindoval Rigueira, e a coordenadora de Atendimento, Natália Bhering.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo