fbpx
CidadeEconomiaTrânsito

Viação União emite nota sobre o transporte público em Viçosa

A Viação União enviou na manhã desta sexta-feira, 12, ao setor de jornalismo da Rádio Montanhesa e do site Primeiro a Saber uma nota com esclarecimento a respeito do transporte público, em Viçosa.

Na nota, a empresa diz que foi surpreendida pelo decreto municipal do dia 8 de março desse ano. Veja a baixo a nota na íntegra.

Nota de Esclarecimento Aos Usuários do Transporte Público do Município de Viçosa/MG

A Viação União Ltda., na condição de concessionária do serviço de transporte público urbano da cidade de Viçosa (MG), informa a todos os usuários do sistema que:

(i) em 08/03/2021, visando combater o contágio pela doença infecciosa viral COVID-19, a Prefeitura Municipal
editou o Decreto nº. 5.619/2021, através do qual se determinou, dentre outras medidas, que o transporte de
passageiros ocorra somente com a utilização de assentos, nos coletivos, de forma intercalada, vedado o transporte de
passageiros em pé.

(ii) a restrição em comento visa reduzir o número de passageiros por viagem, aumentando, no entender do
Município, a segurança dos usuários do transporte. (iii) Em virtude da nova determinação municipal, a
capacidade de transporte de usuários em um ônibus, que originalmente é de 70 passageiros (38 passageiros
sentados e 32 em pé), foi reduzida para 19 passageiros. (iv) a redução do número de passageiros transportados
poderá gerar congestionamento e filas para embarque nos pontos de ônibus, haja vista que não há
possibilidade de transporte de usuários em número superior ao determinado pelo Poder Público, estando os
funcionários da Viação União terminantemente proibidos de realizar qualquer concessão para
embarque de passageiros.

(v) a Viação União tem adotado todas as medidas possíveis para melhor atender os usuários, mitigando eventuais
inconvenientes que possam ser causados, mas esclarece que, neste momento de crise econômica financeira causada
pela pandemia COVID-19, considerando a redução drástica no número de passageiros transportados e o alto custo fixo
suportado pela concessionária para manter o serviço de transporte de forma regular, não há possibilidade de
aumento do número da frota.

(vi) a realidade do sistema de transporte público, assim como de muitos outros setores da economia e de muitas
famílias brasileiras é de extrema recessão.

(vii) A Viação União, desde a adoção das medidas restritivas de circulação, constatou uma redução de 65%
do número de usuários transportados e, consequentemente, em sua arrecadação, sendo que a
empresa não conta com reajuste da tarifa de transporte há mais de 24 meses, sofrendo, ainda, com a alta do
preço dos insumos necessários à prestação do serviço como, por exemplo, o óleo diesel, cujo preço subiu 42%.

Permanecemos à disposição dos usuários para quaisquer outros esclarecimentos que se façam necessários.

Viação União Ltda.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo