fbpx
RegiãoSaúde & Bem Estar

Após manifestação, Prefeitura de Teixeiras divulga nota de esclarecimento

Comerciantes pediram a reabertura de estabelecimentos impossibilitados de funcionar. Prefeitura pediu sentimento de coletividade.

Na manhã da última segunda-feira (05), proprietários de comércios que não estão autorizados a funcionar durante a ‘Onda Roxa’ do programa Minas Consciente, realizaram um protesto em frente à Prefeitura de Teixeiras. No ato, os comerciantes pediam a reabertura dos seus estabelecimentos para que pudessem trabalhar.
Imagem: Reprodução
Vale ressaltar que no último Boletim, o município confirmou o 13º óbito por conta da Covid-19. Trata-se de um idoso de 54 anos, que estava internado em leito UTI de Covid-19 no Hospital São João Batista em Viçosa, vindo a falecer na tarde de ontem (05/04). No total, a cidade tem ainda 472 casos confirmados.
Após isso, por meio de uma nota oficial, a Prefeitura da cidade se solidarizou com a situação de todos os comerciantes, mas ressaltou que é preciso a contribuição de todos para que esse difícil momento da pandemia seja vencido. Confira a nota completa:
Nota de Esclarecimento
O Prefeito de Teixeiras, Nivaldo Rita, no dia de 05/04/2021, esteve presente, à frente da sede da Prefeitura, ouvindo as reivindicações dos comerciantes, em uma manifestação realizada pelos representantes do comércio não essencial, que protestavam pela reabertura de seus estabelecimentos.
Nesse momento tão difícil de crise sanitária, econômica, de luta pelo nosso bem maior que é a vida, a Prefeitura se solidariza com a situação de todos os comerciantes e se compromete a buscar soluções, visando à retomada consciente da economia municipal.
É notório que , objetivando mitigar o impacto triste causado por um vírus que espalha medo, tristeza e morte, a atual administração do Município de Teixeiras vem desde janeiro tomando medidas para conter o avanço da pandemia em nossa cidade, sem deixar de se preocupar com o comércio e a economia local. No entanto, por determinação do Governo Estadual, diante da imposição da Onda Roxa, a lei dispõe protocolos e medidas que devem ser seguidas.
Nossa proposta é que prevaleça o espírito da coletividade, do respeito, da empatia e da solidariedade nos corações de todos os teixeirenses.
Necessitamos mais do que nunca da colaboração de todos para a sensibilização social pela importância do cumprimento das medidas sanitárias de distanciamento e uso de máscara, para que não presenciemos mais famílias chorando pela perda de entes queridos, e, consequentemente, medidas mais restritivas sejam determinadas pelo Estado para o enfrentamento da pandemia.
A saúde dos teixeirenses é uma responsabilidade solidária!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo