fbpx
Minas GeraisRegiãoSaúde & Bem Estar

Macrorregião de Viçosa continua na Onda Roxa por mais uma semana

Após a nova decisão do Comitê Extraordinário Covid-19, metade das macrorregiões do Estado ficará na onda vermelha, enquanto a outra metade segue na onda roxa.

O Comitê Extraordinário Covid-19 decidiu, nesta quinta-feira (15), que as macrorregiões de Saúde Norte, Sul, Sudeste e Jequitinhonha e as microrregiões de Betim, Belo Horizonte/Nova Lima/Caeté, Vespasiano, Contagem, Curvelo e Manhuaçu poderão avançar para a onda vermelha do plano Minas Consciente. No entanto, a Leste do Sul, a qual Viçosa faz parte, segue na faixa mais restritiva do programa. A decisão é baseada nos índices de novos casos e ocupação de leitos hospitalares em cada região do Estado.

Com a decisão, metade das macrorregiões do Estado ficará na onda vermelha, enquanto a outra metade segue na onda roxa, a mais restritiva do plano, por pelo menos mais uma semana. Agora, portanto, Viçosa ficará, no mínimo, até o próximo dia 25 seguindo as normas mais rigorosas.

Na semana que vem, o Comitê se reunirá novamente para decidir se haverá mudanças ou não nas outras regiões do estado, incluindo Viçosa e sua macrorregião, que inclui municípios como Ponte Nova e Manhuaçu. Veja, neste link, todas as cidades que fazem parte da macrorregiões de Saúde Leste do Sul.

Na última semana, Minas Gerais registrou aumento de 4,01% no número de casos e 6,81% nos óbitos, o que justifica a progressão de onda apenas nas regiões que apresentaram melhores resultados na incidência da doença e também na ocupação dos leitos. A positividade da covid-19 está em 44% em todo o Estado.

Viçosa

Em Viçosa, neste momento, a taxa de ocupação de leitos de CTI Covid no Hospital São João Batista (HSJB) está em 80%. Há dois leitos disponíveis e oito ocupados. São seis pacientes positivos de Viçosa e dois de outros municípios. Já no Hospital São Sebastião (HSS), dos sete leitos de CTI Covid disponíveis, cinco estão ocupados. São três pacientes positivos de Viçosa e dois de outros municípios.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo