fbpx
CidadeMinas GeraisRegião

Viçosa, Teixeiras e mais de 29 cidades ficam sem energia após falha em subestação da Cemig

Apagão ocorreu por volta de 19h15 deste domingo, segundo Cemig.

Ao menos trinta cidades das regiões Central e Zona da Mata ficaram sem energia na noite de domingo (16). O motivo foi uma falha em uma linha de distribuição de energia da subestação Mariana 2. Segundo a Cemig, houve um incêndio em uma mata e o fogo danificou um poste, que apresenta risco de queda. O problema aconteceu por volta de 19h15 e causou um apagão total.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou, na manhã desta segunda-feira (17), que, as cidades afetadas por um apagão, tiveram o serviço restabelecido a partir das 20h de domingo (16), de forma gradual. À 1h40 desta segunda, todos os clientes atingidos haviam sido religados.

A Cemig disse ainda que a falta de energia ocorreu porque houve um desarme em um eixo na linha de distribuição (LD) da subestação Mariana 2, por volta das 19h, no domingo. As subestações conectadas neste eixo foram afetadas, causando interrupção de luz.

Equipes da Cemig encontraram um poste que apresentava risco de queda após ser atingido por um foco de incêndio em um matagal na saída de Ouro Preto para Mariana, ocasionando o desarme da LD.

Funcionários da companhia foram enviados para fazer a escora e os reparos na LD, e restabelecer a energia dos clientes atingidos.

Veja a lista de cidades afetadas pelo apagão: Abre Campo, Acaiaca, Alvinópolis, Amparo da Serra, Barra Longa, Braz Pires, Brecha, Diogo Vasconcelos, Dom Silvério, Dores do Turvo, Guaraciaba, Jequeri, Mariana, Oratórios, Pedra Bonita, Piedade de Ponte Nova, Piranga, Ponte Nova, Porto Firme, Presidente Bernardes, Raul Soares, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santo Antônio do Grama, São Pedro dos Ferros,
Sem Peixe, Teixeiras, Urucânia, Vermelho Novo e Viçosa.

Em Viçosa todos os bairros foram afetados pelo apagão que durou até os primeiros minutos da segunda-feira, 17. Moradores relataram que em alguns pontos da cidade a energia retornou por volta das 0 horas e 6 minutos.

Fonte G1

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo