fbpx
CidadeMinas GeraisRegião

Polícia Militar acaba com aglomeração e baile funk no Nova Viçosa

Um final de semana com aglomerações e desrespeito as medidas de combate a pandemia de coronavírus em diversos cantos da cidade de Viçosa. Leitores do Primeiro a Saber denunciaram que durante este final de semana festas, aglomerações e até um baile funk que terminou em confusão, corre corre e bomba após a polícia acabar com o evento ilegal.

 

No domingo, 13, ocorreu um baile funk com direito a show do MC Romeu, artista capixaba. O baile funk aconteceu em uma das praças do bairro Nova Viçosa com a presença de centenas de pessoas. O baile funk acabou em “tiros, porrada e bomba” após intervenção da Polícia Militar. No local, segundo denúncias, ninguém respeitava o decreto municipal 5642/2021. Como vemos nas imagens divulgadas em grupos de WhatsApp.

Em grupos de WhatsApp diversos vídeos do baile foram postados. Neles foi possível ver grande quantidade de pessoas aglomeradas consumindo bebidas alcoólicas e dançando.

No Instagram do MC Romeu diversos vídeos e fotos também mostravam detalhes da festa. Nesses arquivos foi possível ver pessoas sem mascaras aglomeradas e até usando drogas. Em outro vídeo que parece ter sido gravado na rodoviária de Belo Horizonte, o MC Romeu agradece a Deus pelos shows em Viçosa, no sábado e domingo.

Em um dos vídeos publicados em grupos de WhatsApp, o MC Romeu, durante o show em Viçosa canta aglomerado e abraçado com diversas pessoas. Numa das músicas ele diz que “quem falhar hoje vai morrer amanhã”.

Moradores do bairro acionaram a Polícia Militar, ainda durante a tarde. Os policiais foram até o local do evento juntamente com a fiscalização da Prefeitura de Viçosa e lá conversaram com o proprietário de um estabelecimento comercial apontado como responsável pelo evento. Por volta das 19 horas, os militares retornaram mais uma vez após novas denúncias de moradores.

Ao retornar pela segunda vez, os policiais tentaram dispersar a multidão, sendo que algumas pessoas não acataram as ordens dos militares e causaram um tumulto. Em outros vídeos de grupos de WhatsApp é possível ver algumas explosões, gritaria e correria, além do avanço dos policias na direção de um grupo de pessoas.

Moradores de outros bairros também denunciaram aglomerações em bares e até a realização de um forró.

A Polícia Militar ainda não se pronunciou sobre o assunto e a Prefeitura de Viçosa deve emitir nota a respeito das fiscalizações do final de semana.

A reportagem do Primeiro a Saber entrou em contato com o MC Romeu, via Instagram e ele em tom agressivo relatou que “eu sou artista e o meu trabalho é este. Eu me sustento e sustento a minha família dessa forma”. O mc disse ainda que não quer saber se tem restrição estadual, federal e disse que é artista e quem paga as contas dele é ele.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo