fbpx
UFV

Pesquisa com aves silvestres na UFV é premiada pela Sociedade Brasileira de Ornitologia

A estudante Liara de Azevedo Cassiano, do curso de Bacharelado em Ciências Biológicas, conquistou o segundo lugar do Prêmio Helmut Sick, concedido pela Sociedade Brasileira de Ornitologia. A premiação, anunciada na última quinta-feira (5), foi resultado do trabalho Padrão anual de muda e reprodução de aves de sub-bosque em Mata  Atlânticaapresentado durante o XXVII Congresso Brasileiro de Ornitologia, de forma on-line.

A apresentação da estudante no Congresso é fruto do trabalho de conclusão de curso desenvolvido sob orientação do professor Rômulo Ribon, do Laboratório de Ornitologia, vinculado ao Museu de Zoologia João Moojen, do Departamento de Biologia Animal. O estudo teve como objetivo caracterizar o período de muda e de reprodução de aves na Mata Atlântica e apresenta, entre seus resultados, que “o período reprodutivo e a muda estão relacionados, havendo sobreposição do meio ao fim da reprodução (dezembro-maio)”, e que, “de modo geral, as penas de voo das aves são trocadas apenas durante o período chuvoso, enquanto as penas de contorno são renovadas durante quase todo o ano”.

A realização da pesquisa de muda de penas e reprodução de aves envolveu a coleta de dados ao longo de dois anos, com base em capturas, marcação com anilhas, recapturas e soltura de mil aves silvestres de diversas espécies na Estação de Pesquisas, Treinamento e Educação Ambiental Mata do Paraíso, que é administrada pelo Departamento de Engenharia Florestal da UFV.

Fonte: UFV

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo