fbpx
Cidadesaúde

Viçosa: prefeitura libera cadastro para pessoas que receberam a 1ª dose da vacina contra Covid-19 em outro município

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Setor de Atenção Primária em Imunizações, informa que está disponível o cadastro para aplicação de 2ª dose contra a Covid-19 em pessoas que receberam a 1ª dose em outro município.

Desde o início da campanha de imunização, as pessoas vacinadas em Viçosa devem apresentar documentos pessoais, cartão do SUS atualizado e o comprovante de residência no município. A Secretaria de Saúde entende que existe uma população “flutuante”, que muitas vezes não é contabilizada nos levantamentos oficiais. No entanto, são pessoas que residem no município e utilizam os serviços públicos, como qualquer cidadão de direito. Além disso, existem pessoas que vieram residir em Viçosa durante a pandemia.

Diante destas particularidades, o Setor de Imunizações solicita que as pessoas que tomaram a 1ª dose do imunológico em outra cidade, seja por motivos de estudo, trabalho, dentre outros, mas que possuem residência fixa em Viçosa, preencham o formulário disponível.

A necessidade de preenchimento do cadastro ocorre porque a 1ª dose não foi aplicada em Viçosa, assim o SIPNI Covid (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde, não reconhece que a 2ª dose deva ser enviada ao nosso município. Dessa forma, o preenchimento do formulário se torna importante para o cálculo de doses que deverão ser enviadas para a aplicação de 2ª dose neste público. A distribuição de doses em Minas Gerais é feita pelo governo estadual e, conforme a orientação da Superintendência Regional de Saúde de Ponte Nova, é necessário indicar o quantitativo de doses extras que serão utilizadas.

Salienta-se que as pessoas que passaram a residir em Viçosa durante a pandemia deverão atualizar os dados no SUS (Sistema Único de Saúde). Para isso, basta comparecer à Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro com o CPF, documento com foto, comprovante de residência e cartão do SUS. Já as pessoas que não possuírem o cartão do SUS, indispensável para a vacinação, podem comparecer à UBS do bairro com o CPF, documento com foto, comprovante de residência.

CLIQUE AQUI PARA PREENCHER O CADASTRO

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo