fbpx
CidadePolíciaRegião

Suspeitos de explodir banco do Brasil de Coimbra são presos em Visconde do Rio Branco

A Polícia Militar (PM) prendeu na tarde de segunda-feira (6) quatro homens suspeitos de terem participado da explosão de caixa eletrônico do Banco do Brasil, ocorrida na madrugada em Coimbra. De acordo com as informações da polícia, os presos têm 25, 26, 27 e 34 anos. Durante a prisão dos suspeitos os militares também apreenderam armas, munições e drogas.

Logo após a ação criminosa no centro de Coimbra, a Polícia Militar recebeu informações de que os autores do crime eram de Visconde do Rio Branco e foram até a cidade e lá abordaram o mais jovem dos quatro suspeitos e com ele e um rapaz de 27 anos. A polícia informou que os suspeitos tentaram fugir, mas foram capturados.

Materiais apreendidos durante a operação em Visconde do Rio Branco — Foto: PM/Divulgação

Durante busca corporal, com o suspeito de 25 anos foram encontrados uma pistola 9 milímetros com 18 cartuchos intactos, um revólver calibre 38 com 4 munições e um telefone celular. Já com o outro, foi localizada uma pistola calibre ponto 40 e um revólver 38 com 7 e 4 munições, respectivamente, além de 2 celulares.

Os suspeitos 26 e 34 anos também foram flagrados tentando fugir e foram capturados pelos policiais. Com eles, no entanto, foi encontrado apenas um telefone celular. Nos fundos do terreno da casa ainda foram localizadas e apreendidas 20 pedras de crack que estavam escondidas em uma sacola.

Em consulta ao sistema informatizado, os policiais identificaram mandados de prisão em aberto contra os jovens de 25 e 27 anos. Todos os presos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão para demais providências. Outros dois envolvidos no crime em Coimbra ainda não foram encontrados.

Suspeitos de explosão em agência em Coimbra que foram presos em Visconde do Rio Branco — Foto: PM/Divulgação

Anteriormente, os policiais já haviam localizado o veículo, que foi furtado em Juiz de Fora no dia anterior, usado no crime abandonado na MGC-120, que dá acesso ao município de Viçosa. No interior do carro foi localizado um revólver calibre 38 e munições calibre 12.

A assessoria de comunicação do Banco do Brasil informou que está colaborando com as investigações e que por causa da explosão a agência ficou bastante danificada e por isso teve o expediente interrompido. Os clientes e usuários do banco devem buscar atendimento alternativo no correspondente bancário com a marca MaisBB na cidade ou nas agências do Banco do Brasil em Viçosa.

Ainda não há previsão de reabertura da agência explodida em Coimbra.

Fonte: G1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo