fbpx
Minas Geraissaúde

Minas vai reduzir de 12 para 8 semanas o intervalo entre 1ª e 2ª doses da Pfizer

Viçosa também vai aderir a orientação, mas aguarda o recebimento de novas remessas de vacinas

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais anunciou que vai reduzir o intervalo entre a 1ª e a 2ª doses da Pfizer de 12 para oito semanas. Todos os municípios devem seguir esta recomendação.

As cidades podem antecipar a aplicação da 2ª dose para oito semanas, desde que haja disponibilidade de vacinas.

Porém, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) disse que para diminuir o prazo entre as doses para todos os públicos depende que novas remessas sejam entregues.

O governo do estado e a PBH não vão mais exigir intervalo entre a administração da vacina contra a Covid-19 e os outros imunizantes.

Antes, quem se protegia da covid-19 precisava esperar duas semanas para receber a dose contra a gripe, por exemplo.

Os adolescentes que forem aos postos poderão colocar em dia os cartões de vacina, dentro da campanha de multivacinação.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo