fbpx
Paíssaúde

Ministro da Saúde defende o fim da obrigatoriedade do uso de máscara

O ministro afirmou que uma nota técnica será preparada pela pasta.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou a defender, nessa quarta-feira (6), o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção contra a Covid-19.

“A ideia é fazer isso de forma gradual, ao ar livre, tem que ver o número de público. Essas questões estão sendo tratadas pela área técnica. E logo que tenhamos uma posição, vamos informar à população brasileira”, disse ele a alguns jornalistas no fim da noite.

O ministro afirmou que uma nota técnica será preparada pela pasta. No entanto, Queiroga não informou quando o governo deve divulgar o parecer técnico.

Vale lembrar que nessa semana, o município de Duque de Caxias anunciou o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras, sendo o primeiro do país a tomar tal iniciativa.

Fonte: O TEMPO

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo