fbpx
saúdeSaúde & Bem Estar

HSJB: pacientes de outros municípios que precisarem do Pronto Atendimento da Covid serão direcionados para a sua cidade

Sérgio Pinheiro, diretor do Hospital São João Batista, explicou o motivo da mudança e falou sobre a mudança de direção do hospital.

Em entrevista ao Jornal da Montanhesa desta quarta-feira (13), Sérgio Pinheiro, Diretor do Hospital São João Batista, confirmou que a partir desta quarta, pacientes que precisarem de Pronto Atendimento exclusivo para a Covid-19 e que residam nos municípios de Araponga; Cajuri; Canaã; Coimbra; Ervália; Pedra do Anta; Paula Cândido; Porto Firme; São Miguel do Anta; e Teixeiras serão direcionados para a rede de saúde da sua cidade.

De acordo com ele, com a pandemia, o hospital abriu um Pronto Atendimento exclusivo, além do convencional, para a Covid-19. Esse P.A foi custeado, até o momento, pelo município de Viçosa exclusivamente e pelos planos de saúde (Agros, Unimed e Plamhuv). No entanto, a partir deste, os planos de saúde retiraram o aporte financeiro. Com isso, o HSJB solicitou os prefeitos da região que compensassem esse aporte financeiro, mas o hospital não obteve retorno.

“O valor que pedimos aos municípios não é um valor alto, é um valor fácil de ser conseguido, mas não tivemos retorno das cidades vizinhas. Então o hospital não viu alternativa a não ser suspender esse atendimento para esses pacientes e que cada município busque resolver da maneira como for melhor. Nós gostaríamos que isso fosse resolvido, pois não queremos trazer transtornos para o paciente e para o município”, afirmou o diretor.

Mas, Sérgio ressaltou que se um paciente chegar no hospital, com estado grave, ele não vai ter seu atendimento negado. Mas se não for um paciente grave, ele vai ser orientado a buscar o seu município para ser atendido lá.

Diminuição dos leitos clínicos do HSJB: antes eram 20 e agora 12

Questionado sobre a diminuição dos leitos clínicos do Hospital São João Batista, que eram 20 e agora são 12, Sérgio explicou que essa compensação de leitos tem sido feito apenas para pacientes de Viçosa. De acordo com ele, o município vinha contratando 20 leitos, mas a partir de outubro, o município decidiu por contratar apenas 12 leitos.

No o diretor do Hospital relatou que o CTI Covid e a Ala Clínica está funcionando normalmente e vai receber pacientes de qualquer lugar.

Mudança de direção 

Após nove anos, o diretor do Hospital São João Batista, Sérgio Pinheiro deixará o cargo para dar lugar a uma nova gestão. Como adiantado pela reportagem do Primeiro a Saber e confirmada na entrevista pelo próprio Sérgio Pinheiro, o novo diretor será o atual diretor administrativo do Plamhuv, Renan Carvalhaes.

“Nós temos que saber entrar e sair das coisas. O momento do hospital é um momento ainda delicado, mas é um momento ainda melhor do que esteve há alguns anos. Esses dois últimos anos, com a pandemia, foram anos extremamente exaustivos. Então precisamos passar a bola para a frente e deixar pessoas mais novas assumirem o serviço. Eu vim para ficar de quatro a cinco anos, fiquei nove”, disse Sérgio Pinheiro.

De acordo com o ainda diretor do HSJB, está sendo uma transição bem tranquila, bem conversada com a administração da FAV (Fundação Assistencial Viçosense), mantedora do Hospital.

Ele ainda firmou que quando trabalhou com Renan no Plamhuv, ele demonstrou sua competência. Portanto, ele está saindo triste por deixar amigos, mas muito tranquilo por saber que o hospital vai ficar em boas mãos.

Em relação a quando a nova diretoria assumirá o cargo, Sérgio afirmou que o momento exato vai depender muito do próprio Renan.

“Depende de quando ele perceber que dá conta tranquilamente. Talvez algumas semanas, não tenho uma previsão certa”, finalizou Sérgio.

Veja abaixo o Jornal da Montanhesa completo:

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo