Viçosa: Chuvas causam desmoronamento de muro no João Braz e alagamento no Lourdes
1 de novembro de 2021

De acordo com a Defesa Civil municipal em 96 horas choveu em Viçosa 110mm

Do dia 28 de outubro até está segunda-feira (3), a Defesa Civil de Viçosa registrou 110 mm de chuvas. Mesmo com um volume considerável de chuvas, o município vem tendo pouco problemas, mas nas últimas 24 horas as chuvas mais consistentes causaram o desabamento do muro de uma residência, no bairro João Braz. A Defesa Civil foi acionada e compareceu no local. Lá cobriram a área com uma lona para evita novos desmoronamentos. Na hora do acidente não havia moradores no imóvel.

Na tarde desta segunda, viçosenses registraram alguns pontos de alagamento pela cidade. De acordo com informações do pluviômetro bairros como centro, Fátima, Vale do Sol e o distrito de São José do Triunfo registraram a maior quantidade de chuvas.

Segue a abertura do Alerta 1961/2021, referente ao município de VIÇOSA/MG. Movimentos de Massa – Moderado.

As áreas de risco de movimentos de massa no município caracterizam-se pela ocupação de colinas e morros
baixos com residências próximas de taludes de corte verticais e semi-verticais. Espera-se que ocorram
deslizamentos pontuais e induzidos, principalmente planar de solo que podem conter blocos rochosos
associados. Esta situação associada à precipitação incidente (ou acumulada) e a previsão meteorológica indica
que podem ocorrer deslizamentos pontuais e induzidos nas áreas de risco mapeadas.

A situação atual de Viçosa é de até 17 mm em 01 hora(s) e de 91 mm em 24 hora(s) no município de
Viçosa (MG).

A previsão meteorológica indica continuidade das chuvas para as próximas horas, podendo ocorrer em forma
de pancadas de intensidade moderada a forte.

As recomendações são de atenção às áreas de risco mapeadas pela CPRM (2012). Estima-se que 14.668 pessoas em 3.641 moradias estejam expostas ao risco alertado.

Veja o alerta na íntegra:

A Defesa Civil orienta que:

  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva;
  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos;
    Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores;
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros;
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), pelo número 116, ou para a Defesa Civil, pelo número 199;
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água, avise imediatamente a Defesa Civil (199);
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos.

Publicidade

NOVO ENDEREÇO NA RUA DOUTOR MILTON BANDEIRA, 34 – LOJA: 01 – CENTRO
WhatsApp (31) 9 8675-7021

Publicidade

(31) 3892-7686

Publicidade

(31) 3891-2524

Publicidade

Publicidade

Publicidade