Escola da zona rural de Viçosa é obrigada a suspender aulas por surto de virose
23 de novembro de 2021

A Secretaria de Educação de Viçosa suspendeu hoje, 23, as atividades presenciais da escola municipal Almiro Paraíso após alunos e servidores apresentarem diarreia, vômito e febre. A escola está localizada na zona rural de Viçosa, na rodovia MG-280, e atende a crianças da região da comunidade do Paraíso e adjacências.

A suspensão ocorreu por solicitação da própria escola, que nesta segunda-feira, 22, notificou a Administração Municipal sobre a ocorrência dos sintomas em 13 alunos e 2 funcionárias da escola. Em ofício enviado à unidade, a Secretaria de Educação solicitou que os dias letivos sejam mantidos por meio de atividades virtuais, a fim de cumprimento do Calendário Escolar, até o dia 27.

De acordo com a coordenadora da escola, Guida Salgado, os primeiros casos começaram na última quinta-feira, 18, quando dois alunos da creche (menos de 2 anos de idade) vomitaram na escola. A coordenadora relatou que as duas crianças foram buscadas por suas famílias, passaram por consulta médica e realizaram teste de Covid-19. Os testes apresentaram resultados negativos e, de acordo com a diretora, os médicos suspeitam que os sintomas sejam resultado de uma virose (infecção causada por vírus). O mesmo diagnóstico foi dado às demais crianças que passaram por consulta médica.

Ainda não é possível afirmar a causa da infecção. A água que abastece a escola é fornecida por um poço artesiano. Por solicitação da escola, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) colheu uma amostra da água da cisterna da escola para análise.

Ao Folha da Mata, a secretária de Educação, Marli Franco, informou que o quadro epidemiológico da comunidade escolar está sendo monitorado e registrado, inclusive com intervenção da Vigilância Epidemiológica. O departamento da Secretaria de Saúde informou à reportagem que tem ciência do ocorrido e vai realizar o monitoramento individual de cada aluno e funcionário sintomático.

As informações são do Folha da Mata

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade