Mais um caso da variante ômicron é confirmado no Brasil
1 de dezembro de 2021

A Secretaria da Saúde de São Paulo confirmou nesta quarta-feira (1) o terceiro caso da variante ômicron da Covid-19, potencialmente mais contagiosa, no estado e também no Brasil.

O caso é de um homem de 29 anos que, vindo da Etiópia, desembarcou no Aeroporto de Guarulhos (SP) no último sábado (27). Ao chegar em solo brasileiro, o passageiro foi testado e, em seguida, diagnosticado com a Covid-19.

A identificação de que o homem estava infectado com a variante ômicron foi feita pelo Instituto Adolfo Lutz, ligado ao governo de São Paulo.

Ainda de acordo com a Secretaria da Saúde, o homem tomou as duas doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 e está em “isolamento domiciliar”, em Guarulhos, desde que chegou ao Brasil, estando, até hoje, assintomático.

Casal isolado

O casal diagnosticado com a variante ômicron do novo coronavírus está em isolamento na casa de parentes na cidade de São Paulo junto com mais quatro familiares, sendo três adultos e uma criança.

Tanto o casal, que está assintomático, quanto seus parentes adultos tomaram as duas doses da vacina contra a Covid-19, segundo o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido.

O secretário comentou o caso na manhã desta quarta-feira (1º), durante entrevista na Mooca, na zona leste, onde acompanhou o início de uma campanha de busca para vacinar moradores de rua com segunda dose.

Na terça-feira (30), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) afirmou que a variante ômicron foi identificada no país. À noite, o Instituto Adolfo Lutz confirmou os casos.

O homem de 41 anos e a mulher de 37 são missionários na África do Sul, segundo Aparecido.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, o casal chegou a São Paulo em 23 de novembro e fez o teste dois dias depois, quando os dois foram identificados com a Covid-19.

De acordo com o secretário, a pasta da Saúde agora busca rastrear as pessoas que tiveram contato com os dois. “Desde o dia do diagnóstico para Covid, os dois entraram em isolamento”, afirmou.

Segundo o secretário, a família do casal, também isolada, será testada na tarde desta quarta para saber se também está com Covid.

Um outro paciente com Covid-19 e que passou pela África do Sul aguarda resultados de exames do Instituto Adolfo Lutz. Morador em Guarulhos, o homem de 38 anos chegou ao Brasil no sábado e segundo a prefeitura da cidade da Grande São Paulo, também está em isolamento domiciliar.

Fonte: O TEMPO

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade