Ministério Público e as polícias Civil e Militar de Minas Gerais participam de operação no Paraguai
19 de janeiro de 2022

O Ministério Público e as polícias Civil e Militar de Minas Gerais participaram da operação “Sem Fronteiras”, no Paraguai. A ação conjunta foi desencadeada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Juiz de Fora – com auxílio das Polícias Civil e Militar de Minas Gerais-, Polícia Federal e Autoridades Paraguaias (Ministério Público e Senad). A manobra resultou na prisão, nesta quarta-feira (19/1), em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, de integrantes de uma organização criminosa nacional que estavam foragidos da Justiça brasileira.

Os integrantes pertencem a uma organização criminosa atuante de forma violenta e estruturada nos municípios de Juiz de Fora e de Montes Claros. Um dos presos da operação responde por vários homicídios e tem dois mandados de prisão expedidos pela Vara do Júri de Juiz de Fora, nos processos 0145.21.013083-0 e 0145.21.013084-8.

A operação foi detalhadamente preparada pelas instituições participantes por meio da troca de informações de inteligência e executada por forças táticas da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) juntamente com a Fiscalia Interveniente (Ministério Público do Paraguai). No momento da prisão, os integrantes portavam escopetas calibre .12 e grande quantidade de munição.

A operação conta com o apoio operacional do Comando de Aviação do Estado (Comave).

Mais detalhes da operação poderão ser divulgados ao longo do dia.

Com informações do MPMG*

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade