Coimbra e Ervália recebem cursos de qualificação através do programa ‘Pacto pela Educação Profissional’
31 de janeiro de 2022

O governador Romeu Zema participou de forma remota, nesta quarta-feira (26/1), da aula inaugural do programa Pacto pela Educação Profissional, que vai levar o ensino voltado à qualificação para o mercado de trabalho para cidades do interior do estado. A ação será executada por meio dos cursos da Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais (Utramig).

Ao todo, serão 700 vagas disponibilizadas em 14 cursos de qualificação profissional para a população local que se enquadre em critérios sociais.  Serão oferecidos cursos nas áreas de saúde, tecnologia, empreendedorismo e outros. O projeto será executado em 13 cidades mineiras: Aracitaba; Bias Fortes; Bom Jardim de Minas; Campanário; Coimbra; Conceição do Rio Verde; Ervália; Itambacuri; Itambé do Mato Dentro; Itaverava; Itanhandu; Luz e Piedade do Rio Grande. A iniciativa não trará custos ao Estado. As prefeituras arcam com as despesas.

O governador destacou a importância do programa que, junto a outras ações já adotadas pelo Governo de Minas, contribuirá para o desenvolvimento econômico e social do estado. “Vejo esse programa como mais um avanço na educação de Minas Gerais. Em 2021, lançamos o Trilhas do Futuro, onde estamos investindo cerca de R$ 1 bilhão em recursos na concessão de mais de 75 mil bolsas de ensino profissionalizante. Só com pessoas mais qualificadas e capacitadas poderemos gerar emprego e renda e elevar o estado a um patamar mais desenvolvido”, disse.

O governador destacou ainda ações da gestão que tem melhorado o ensino em Minas. “Durante esses três anos da nossa gestão, temos feito grandes esforços para melhorar a educação. Já fizemos a reforma de mais de 1,3 mil prédios escolares, melhoramos a merenda escolar e as unidades de ensino não ficam mais sem a verba de manutenção e custeio. Além disso, ampliamos o ensino médio integral e estamos sendo companheiros da Utramig nesse grande desafio que é formar melhores profissionais”, ressaltou.

Empregabilidade

O projeto tem como objetivo levar conhecimento a pessoas em situação de vulnerabilidade social. A Utramig oferecerá a plataforma virtual e o conteúdo dos cursos de qualificação disponíveis, além do treinamento dos professores locais. O objetivo é certificar ao menos 70% dos alunos inscritos. 

“Trazemos aqui uma preocupação que não é só de formar, mas também trabalhar a empregabilidade, já que a Utramig busca a formação e qualificação desses jovens e adultos e, ao mesmo tempo, possibilita a empregabilidade. Estamos buscando desenvolvimento econômico local nos municípios de forma que isso atinja também todo o estado”, disse o diretor de Qualificação e Extensão da Utramig, o professor Rogério Luís Massensini.

Com informações da Agência Minas Gerais.

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade