Ocupação de UTI para Covid em hospitais privados chega a 85% no Brasil
4 de fevereiro de 2022

A média nacional da taxa de ocupação de alas para pacientes com Covid-19 em hospitais privados chegou a 95% na última semana fechada de janeiro, entre os dias 22 e 28, segundo levantamento da Anahp (associação dos hospitais privados).
Nas UTIs para Covid, a taxa de lotação foi de 85% no período.

O levantamento da associação de hospitais se baseou em 45 instituições que somam quase 10 mil leitos para o tratamento de pacientes infectados pelo vírus. Segundo Antônio Britto, diretor-executivo da entidade, o atendimento na UTI dos hospitais não está comprometido com falta de kit intubação e outros medicamentos, por exemplo, como no pico da pandemia no ano passado.

No levantamento da semana anterior, entre 15 e 21 de janeiro, desta vez com 42 hospitais, a média nacional de ocupação das alas estava em pouco mais de 88%, enquanto a de UTIs se aproximava de 71%.

Britto afirma que, para fazer frente ao aumento de demanda, os hospitais privados têm contratado profissionais de saúde, ampliado horas extras, alterado o fluxo de trabalho das equipes e reorganizado os espaços físicos.

Fonte: O TEMPO

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade