Ponte Nova: busca pelos corpos de homem e filha no Rio Piranga segue em andamento
7 de fevereiro de 2022

Última atualização: 10h02

O Corpo de Bombeiros de Ponte Nova segue nas buscas pelo Rio Piranga a fim de encontrar os corpos da criança – que foi lançada – e de seu pai – que se jogou – na Ponte próxima ao Bahamas, no trecho que liga o bairro Palmeiras e Triângulo.

O caso ocorreu no sábado (05) quando a Polícia Militar recebeu informações através do 190, de que um homem teria agredido uma criança de 6 anos com golpes na cabeça, e a jogado no rio, pulando logo em seguida.

O Corpo de Bombeiros junto à PM estiveram no local, e através de relatos de testemunhas puderam comprovar a narrativa, iniciando então os trabalhos de busca e de perícia técnica.

Segundo familiares das vítimas, o homem teria realizado a ação como forma de vingança pelo término do relacionamento de sete anos com a mãe da criança. Também foi informado que ele teria tentado suicídio no Rio Piranga três dias antes, na quarta-feira (02), porém, ficou preso em galhos nas margens e foi socorrido.

A mãe da menina de seis anos relatou à PM que o ex-namorado teria enviado uma mensagem no início da noite avisando-a que ia jogar a criança e também pular no Rio, mas, por estar em período de trabalho, a mulher não pôde visualizar o texto.

As investigações seguem ocorrendo por meio de busca ativa em toda extensão do Rio, com usos de barcos em pontos profundos e áreas de remanso. Equipes realizam busca também por terra, às margens do leito do Rio.

Polícia Militar de Ponte Nova relata ocorrido na noite de sábado (05), em que homem e filha foram atirados no Rio Piranga

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade