Ponte Nova: mãe cria vaquinha para fazer enterro de filha jogada em rio pelo pai
10 de fevereiro de 2022

A mãe da menina de seis anos que foi espancada e jogada em um rio pelo pai, em Ponte Nova, na Zona da Mata de Minas Gerais, no último sábado (5), criou uma vaquinha para fazer o enterro da filha. “Venho pedir a ajuda de quem puder doar qualquer valor para conseguirmos proporcionar para ela um enterro digno para que eu possa despedir da minha filha e acalmar meu coração. Preciso dar a minha princesinha um lugar digno para que possamos saber onde ela vai estar”, escreveu no pedido de ajuda. 

Clique aqui para ter acesso a vaquinha e ajudar.

Buscas

O Corpo de Bombeiros de Ponte Nova iniciou nesta quinta-feira (09), o sexto dia de buscas pelos corpos do pai, de 27 anos, e filha, de seis anos, no Rio Piranga. Como forma de estratégia, o trabalho vem sendo realizado através da verificação dos locais com maior probabilidade de se obter êxito.

O caso

O caso ocorreu no último sábado (05). A Polícia Militar recebeu informações através do 190, de que um homem teria agredido uma criança de seis anos com golpes na cabeça, e a jogado no rio, pulando logo em seguida.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estiveram no local e através de relatos de testemunhas comprovaram a narrativa, iniciando então os trabalhos de busca e de perícia técnica.

Segundo familiares das vítimas, o homem teria realizado a ação como forma de vingança pelo término do relacionamento de sete anos com a mãe da criança. Também foi informado que ele teria tentado suicídio no Rio Piranga três dias antes, na quarta-feira (02), porém, ficou preso em galhos nas margens e foi socorrido.

A mãe da menina de seis anos relatou à PM que o ex-namorado teria enviado uma mensagem no início da noite avisando-a que ia jogar a criança e também pular no Rio, mas, por estar em período de trabalho, a mulher não pôde visualizar o texto.

Uma câmera de segurança de um estabelecimento próximo flagrou o homem passando pela criança em cima da ponte e de mãos dadas com ela. Logo depois é possível ver a movimentação de moradores da cidade correndo após o pai jogar a filha no rio. 

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade