Viçosa já gastou mais de R$ 21 milhões com o enfrentamento da pandemia
11 de fevereiro de 2022

Desde o início da pandemia, Viçosa já gastou aproximadamente R$ 21,4 milhões com ações de combate à doença. Entre essas ações, estão as implementações de leitos de UTI, medicamentos fundamentais para combater o vírus, insumos para testes, compras de EPI’s, entre outros.

Por outro lado, desde março de 2022 o município já recebeu, em recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), aproximadamente R$ 26,7 milhões para a realização das ações na cidade. Esse levantamento foi feito, inicialmente, pelo jornal Folha da Mata, com dados do portal de Transparência do Município e confirmado pela nossa reportagem.

O Portal da Transparência aponta ainda que pelo menos dois terços de todo esse valor recebido foi enviado ao município durante o primeiro ano da pandemia, em 2020. Naquele ano, o total destino a Viçosa foi de aproximadamente R$ 17 milhões, enquanto em 2021 esse valor se limitou a R$ 8,7 milhões. Em 2022, esse valor chega, atualmente, a casa dos R$ 800 mil.

De todo o valor gasto em investimentos, a maior parte deles foi utilizado diretamente no tratamento de pacientes (cerca de R$ 15,4 milhões). O Hospital São João Batista (HSJB), por ofertar mais leitos de tratamento a pacientes, foi a que recebeu mais recursos na área, com R$ 12 milhões. Por outro lado, o Hospital São Sebastião (HSS) recebeu R$ 3,5 milhões.

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade