Viçosa: palmeiras envenenadas no Laranjal são cortadas pela Prefeitura
14 de fevereiro de 2022

O departamento de Parque e Jardins, da Prefeitura de Viçosa, realizou na última sexta-feira (11), o corte das sete palmeiras imperiais restantes, que foram envenenadas no dia 26 de setembro de 2021, na Rua Manoel Venutti, bairro São José (Laranjal),

Os troncos foram cortados a fim de evitar o desabamento das árvores, como aconteceu no dia 28 de janeiro, ocasião em que uma delas caiu – não resultando em danos, nem vítimas.

A 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Viçosa abriu um inquérito para investigar o caso, e está na fase de recolhimento de depoimento de testemunhas. Os autores podem ser multados por prática de infração ambiental.

A OCORRÊNCIA

Policiais militares ambiental estiveram na tarde do dia 28 de janeiro na rua Manoel Venutti, no bairro São José (Laranjal), em Viçosa, onde moradores denunciaram que três homens haviam envenenado oito palmeiras imperiais daquela localidade, na madrugada de domingo, 26 de janeiro.

De acordo com as denúncias, três homens durante a madrugada furaram quatro buracos em cada uma das palmeiras usando uma furadeira, em seguida injetaram veneno com o objetivo de fazer com que as palmeiras secassem e morressem. Os militares estiveram no local identificaram que as palmeiras – plantadas em 1996 – foram de fato perfuradas.

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade