“Está faltando responsabilidade e sobrando vacina”, diz governador Romeu Zema em entrevista à Rádio Montanhesa
15 de fevereiro de 2022

Governador também esclareceu o que vem sendo feito em relação às chuvas no estado

Em entrevista concedida na manhã desta terça-feira (15), ao jornalista Alan Real, da Rádio Montanhesa, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, esclareceu o que vem sendo realizado pelo governo para minimizar e resolver os impactos ocasionados pelas fortes chuvas dos últimos meses. Zema também utilizou do espaço para detalhar a situação da pandemia no estado (clique aqui e acesse a entrevista na íntegra)

Segundo o governador, um trabalho preventivo foi realizado em 2021 para ajudar no controle advindo das chuvas de verão. Foram disponibilizados aos municípios cerca de 450 kits da Defesa Civil, com equipamentos para auxiliar a conter agravantes do período chuvoso, e com o investimento, foi possível perceber uma redução de vítimas em relação há anos anteriores.

Quanto aos estragos ocasionados em estradas e rodovias, Zema destacou que o governo já está trabalhando em prol da recuperação das vias, e próximo à Viçosa, vem sendo desenvolvidas obras na MG-265 entrada com a MG-482 (que liga Viçosa à São Miguel do Anta, Canaã e Araponga), e também, na AMG-2905, sentido Simonésia.

O foco, no entanto, está sendo direcionado à ajuda comunitária. Através do programa “Recupera Minas” – de responsabilidade de cada município – o governo promove auxílio financeiro e de moradia à famílias atingidas pelas chuvas.

Além disso, o governador aproveitou do espaço para falar sobre a situação da pandemia no estado. Segundo ele, Minas Gerais é o terceiro estado com mais pessoas vacinadas contra a Covid-19, e está sobre controle, embora poderia estar em um cenário melhor – já que muitas pessoas ainda não se vacinaram ou não completaram o esquema vacinal com as doses de reforço.

“Está faltando responsabilidade e sobrando vacina”, disse Zema ao lembrar que o número de casos por Covid-19 caíram no estado nos últimos sete dias, mas que o número de internações e óbitos aumentaram.

Romeu Zema também fez um apelo aos pais para levarem seus filhos para vacinarem. Em Minas Gerais 35% das crianças de 5 a 11 anos já foram vacinadas, e em Viçosa, 28% da faixa etária.

No entanto, a esperança foi garantida pelo governador, que afirmou acreditar em um reforço anual na vacinação e no desenvolvimento futuro da vacina mineira pela Fundação Ezequiel Dias (FUNED).

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade