Viçosa: chuva da madrugada causa estrago e barranco cede nas Coelhas
15 de fevereiro de 2022

A chuva dessa madrugada causou, mais uma vez, estragos na cidade. Dessa vez, um barranco cedeu na rua Francisco Dourado, na ligação entre o bairro Coelhas e Santa Clara, e o local ficou intransitável por alguns momentos. Na manhã desta terça-feira (15), a Secretaria de Obras da Prefeitura, em conjunto com a Defesa Civil, atuou na retirada da lama que desceu, para normalizarem o tráfego no local.

Agentes da Prefeitura atuando na limpeza do local. (Imagem: Primeiro a Saber)

De acordo com o chefe da Defesa Civil de Viçosa, Cristimar do Vale Castro, durante a madrugada choveu aproximadamente 73 milímetros na cidade. Segundo ele, foi uma chuva inesperada. Segundo os agentes da Prefeitura que estavam no local, o motivo do desbarrancamento teria sido um muro no local que cedeu, ocasionando o incidente.

Agora, a Defesa Civil da cidade está nas ruas fazendo vistorias pela cidade para localizarem possíveis locais que sofreram algum tipo de estrago com a chuva das últimas horas. Vale lembrar que a Defesa Civil emitiu um alerta horas atrás em relação ao risco de possíveis deslizamentos próximo a encostas e taludes.

Outros problemas

O chefe da Defesa Civil citou, também, outros locais da cidade que houveram ocorrências. Segundo ele, um outdoor acabou caindo por conta da ventania no trevo do Mineirão. Nesse caso, eles irão aguardar uma equipe da Cemig para fazer a retirada, já que uma haste está sobre um fio de alta tensão.

Além disso, Cristimar cita também um outro chamado para a rua Teixeiras, no bairro João Brás, em que um muro desmoronou. No bairro Santa Clara, já são três chamados envolvendo os estragos da última madrugada.

Cristimar diz também que a Defesa Civil precisou retirar duas famílias de suas casas na comunidade do Pau de Cedro para que elas fossem assistidas pela Assistência Social.

O chefe da Defesa Civil afirma, ainda, que estão trabalhando duro para atenderem todas as ocorrência em tempo recorde e suprir toda a demanda da cidade.

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade