Engenheiro florestal formado na UFV vence categoria de prêmio nacional de sustentabilidade
24 de fevereiro de 2022

O engenheiro florestal formado pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e considerado cidadão honorário de Viçosa, Humberto Candeias Cavalcanti, venceu uma das categorias do 12º Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade e Amor à Natureza.

Esse prêmio é parte do calendário empresarial, institucional e político do país e visa reconhecer e divulgar os melhores projetos e ações que mais se dedicaram à defesa do planeta e de sua humanidade por conta das mudanças climáticas.

A categoria vencida pelo engenheiro florestal foi a de “Destaque Especial”, em reconhecimento à criação do Selo de Envelhecimento Sustentável da Cachaça do Brasil, que é de sua autoria. A criação se trata de uma garantia legal de reposição florestal a partir de agora de toda e qualquer árvore que venha a ser derrubada para a fabricação de dornas e barris.

Além disso, a premiação reconheceu Humberto Candeias como um “conhecido e estimado militante da área ambiental”. Vale lembrar que em Minas Gerais ele já foi diretor do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e do Instituto Estadual de Florestas (IEF). Em Viçosa, ele atuou, no início da década de 90, como secretário de Agricultura.

Atualmente, Candeias é consultor ambiental e especialista na produção e análise sensorial de cachaças. Em 2010, ele disputou também uma vaga na ALMG e recebeu, em Viçosa, 36.797 votos. No entanto, não foi o bastante para ser eleito.

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade