Minas Gerais tem 100% das cidades na onda verde de controle da Covid-19
24 de fevereiro de 2022

Apesar do aumento do número de casos de Covid-19 em função da variante ômicron, não houve pressão generalizada no sistema de saúde em Minas Gerais, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde divulgados ontem. O Estado tem, atualmente, todas as regiões na onda verde do Minas Consciente, a mais flexível. do programa  criado pelo governo estadual para orientar o controle da pandemia da Covid-19.

As macrorregiões Triângulo do Sul e Centro são as que têm maior taxa de ocupação de leitos UTI ocupados por pacientes infectados pelo coronavírus.

No Triângulo do Sul, 73% dos leitos UTI Covid estão ocupados, e no Centro, são 47% das unidades de tratamento intensivo. 

Balanço

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 36.500 casos de Covid-19 no Estado. O aumento repentino do número de casos entre terça e quarta-feira aconteceu devido a um erro no cadastro de feito pelo município de Montes Claros, no Norte de Minas. A situação foi normalizada, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, e os dados acumulados foram finalmente registrados pelo município.

Desde o início da pandemia, morreram 59.307 pessoas em razão da doença em Minas Gerais. Apenas nove dos 853 municípios não registraram óbitos pela doença.

A Secretaria de Estado de Saúde informou que vai conceder entrevista coletiva até o fim desta semana para atualizar os dados sobre a pandemia, antes do Carnaval. 

Fonte: O Tempo

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade