Minas não tem registro de efeito colateral grave em vacinação contra a Covid-19
27 de fevereiro de 2022

Minas Gerais atingiu a marca de 40 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19 , e não há registro de efeitos colaterais graves causados pelo imunizante. O dado foi divulgado pelo secretário de Estado de Saúde, Fábio Bacheretti, nesta quinta-feira (24). 

Também não há notificação de efeito adverso grave entre as quase 1 milhão de crianças imunizadas contra a Covid-19, de acordo com o secretário, que ressalta a segurança e a importância da vacinação contra a doença. 

“Temos uma grande felicidade em dizer que ultrapassamos metade da população pediátrica. Ou seja, metade dos pais e responsáveis se convenceram que a vacina é importante. Quase 1 milhão de crianças tomaram a vacina, e não tiveram nenhum efeito colateral grave”, diz o médico.

A cobertura vacinal em Minas Gerais está em 41% para dose de reforço, 80% para segunda dose e dose única, e 85% para primeira dose. Os dados são do vacinômetro da Secretaria de Estado de Saúde atualizados nesta sexta-feira (25). 

Fonte: Agência Minas Gerais

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade