Viçosa: reajuste salarial dos servidores municipais é debatido na Câmara
9 de março de 2022

Em virtude da assembleia realizada na segunda-feira (07 de março) na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Viçosa (SINFUP), que aprovou um aumento salarial de 2 a 2,5% para todos os servidores municipais, o assunto voltou às discussões da Câmara durante a reunião Ordinária da terça-feira (08). A Presidente do Sindicato, Maria Aparecida de Paiva Torres, usou a Tribuna Livre para falar do assunto e os parlamentares apresentaram indicações a respeito. 

A cidadã explicou o que foi deliberado na referida assembleia e agradeceu a presença dos vereadores que lá estiveram. ‘’A Prefeitura ainda não definiu o valor do reajuste, se é 2 ou 2,5%. Para nós, é uma recomposição vergonhosa essa porcentagem. Nessa negociação toda a maior conquista do Sindicato dos Servidores em geral foi o auxílio alimentação e a equiparação do mesmo, no valor de R$ 363,80. Houve também o reajuste e a regulamentação do auxílio transporte’’, disse Maria Aparecida.  

Os vereadores Rogério Fontes (PSL), Marco Cardoso (Marcão Paraíso) (PSDB) e Marcos Fialho (DEM) solicitaram ao Executivo, por intermédio da Indicação nº 095/2022, cópia de documento contendo o impacto da recomposição do valor solicitado pelo sindicato e pelos servidores públicos, no pedido inicial de 15,98% de recomposição salarial, bem como qual seria o valor de aumento anual no orçamento, com fundamento no art. 26, § 2º, da Lei Orgânica Municipal, e art. 10 da Lei Federal nº 12.527/2014.

Já pela Indicação 097/2022, Marcos Fialho, Marco Cardoso e Rogério Fontes solicitaram que ‘’seja estudada a viabilidade, no sentido de conceder reajuste/recomposição salarial para os servidores municipais no índice não inferior ao teto da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é de 5,25%. E também, que seja incluído os benefícios de vale alimentação para os aposentados e pensionistas. Os servidores da administração direta ou indiretamente que já recebem o benefício de vale alimentação sejam aditivados o valor a estes aumentando o valor deste benefício’’.

O Presidente da Casa, Vereador Edenilson Oliveira (PSD), assim como os demais vereadores, parabenizaram a presidente pelo uso da Tribuna e ressaltaram que ‘uma recomposição salarial digna é o anseio de toda a Casa Legislativa’.

Fonte: Câmara Municipal / Texto da estagiária Melina Matos sob a supervisão de Mônica Bernardi.

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade