Viçosa: Secretário de Agropecuária e Desenvolvimento Rural presta esclarecimentos aos vereadores
10 de março de 2022

Por intermédio do Requerimento nº 003/2022 de autoria do Vereador Bartomélio Martins (Professor Bartô) (PT), tendo como coautoras as vereadoras Jamille Gomes (PT) e Marly Coelho (PSC), os parlamentares receberam como convidado, durante o Grande Expediente da reunião Ordinária da terça-feira (08), o Secretário Municipal de Agropecuária e Desenvolvimento Rural, Geraldo Deusdediti Cardoso, ex-Vereador, para falar sobre a atual situação da estradas rurais de Viçosa e sobre questões ligadas ao desenvolvimento do Município.

O Vereador Bartomélio, membro da Comissão de Agronegócio e Meio Ambiente da Casa,  explicou o convite “sabemos que as comunidades rurais estão passando por um momento muito delicado e nós gostaríamos que o senhor secretário pudesse apresentar aquilo que conseguiu nesse período de um ano que esteve ocupando (a pasta) e saber quais serão os próximos passos tomados pela Secretaria”. Logo após, Geraldo deu início a sua fala agradecendo pelo convite e parabenizando pelo Dia Internacional das Mulheres, e em seguida apresentou as conquistas da Secretaria de Agropecuária e Desenvolvimento Rural. 

O secretário também abordou sobre as fortes chuvas que Viçosa vem enfrentando desde outubro e como elas impactaram a cidade e os trabalhos desenvolvidos pela Secretaria. Assunto abordado também durante a Tribuna Livre pelo morador da Comunidade do Buieié, Julius Keniata, “Nós sabemos do grande problema que são as estradas rurais e essa época de chuva. Inclusive, a gente esperava que muitos moradores da comunidade estivessem aqui hoje, para apresentar nossa manifestação e a nossa indignação, mas exatamente por causa dessa chuva as pessoas não conseguiram vir”, afirmou o morador.

Iniciado os questionamentos, foi perguntado a Geraldo acerca do calçamento e sobre a melhora das estradas rurais. Na oportunidade, ele afirmou que se entristece com os atuais depoimentos que vem ouvindo sobre as estradas rurais, principalmente sobre os alunos que têm perdido aulas e tem chegado atrasados, e disse estar trabalhando para que a situação se resolva o mais rápido possível. “Atualmente estou seguindo o plano de trabalho proposto, e infelizmente algumas comunidades não conseguiremos atender esse ano. Não posso fugir desse cronograma de trabalho, mas o serviço será executado da melhor forma possível de acordo com o mapa de Viçosa que foi dividido em quatro partes seguindo as prioridades”, explicou o Secretário. 

Outro fato, exposto por ele, foram as datas para iniciar os reparos das estradas rurais. “A partir do dia 20 de março a gente já terá a programação bem definida porque o produto principal é o cascalho, que chegará nas próximas semanas. Aproximadamente, 10.000 toneladas de produto de minério e produtos de cascalho fundo de pedreira para serem aplicados nos problemas da zona rural de Viçosa”, disse Geraldo. 

Por fim, a Mesa Diretora recolheu as perguntas dos moradores presentes no Plenário da Casa Legislativa para repassar ao secretário. Dentre os questionamentos feitos, foi levantado o Projeto ‘Rio Vivo’ que será retomado esse ano e prevê a despoluição dos córregos das comunidades rurais. Ademais, Geraldo também esclareceu sobre postes de iluminação que foram levados e retirados da comunidade, e disse que está ‘correndo atrás’ para que seja feito de uma maneira ética e responsável com os moradores. 

Ao final, o Presidente da Câmara, Edenilson Oliveira (PSD) cumprimentou e parabenizou o Secretário Municipal de Agropecuária e Desenvolvimento Rural, Geraldo Deusdediti Cardoso, pelo trabalho, e agradeceu a disponibilidade e afirmou que as portas da Casa estarão sempre abertas. 

Assessoria da Câmara de Vereadores de Viçosa

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade