Zema diz que irá vetar reajuste salarial superior a 10% para forças de segurança
11 de março de 2022

O governador Romeu Zema (Novo) disse, em coletiva à imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (11), que vai vetar uma possível alteração no valor de aumento de 10% para as forças de segurança feito pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais. “Caso a ALMG altere esse percentual (10%), já aviso que irei vetar”, disse. 

O chefe do executivo anunciou reajuste de 10% para todos os servidores do Estado, com retroativo a janeiro. Na proposta anterior, recusada pelos servidores, o valor estava limitado à categoria da educação.

A anúncio vem dois dias após categorias das forças de segurança se reunirem em protesto na região central de Belo Horizonte, pedindo pela recomposição salarial de 24%. 

Na coletiva, Zema também disse que o auxílio-fardamento, que era pago uma vez no ano no valor de R$ 1.800, vai ser depositado agora em quatro parcelas, o que totalizaria R$ 7.200, mas que o governador afirmou que, “arredondando, dá R$ 8.000”. 

Fonte: O Tempo

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade