Viçosa: qualidade do atendimento nos hospitais volta a ser debatido na Câmara
16 de março de 2022

Assunto recorrente na Casa Legislativa desde o ano passado, a qualidade do atendimento nos hospitais municipais voltou à pauta de discussões dos parlamentares durante a reunião Ordinária da terça-feira (15).

O debate foi iniciado pelo Vereador Bartomélio Martins (Professor Bartô) (PT) que exibiu um vídeo relatando uma visita feita ao Hospital São Sebastião (HSS) na companhia da Vereadora Jamille Gomes (PT) que denuncia a demora para os pacientes serem atendidos e expõe como a falta de médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos bairros fazem os moradores recorrerem à emergência dos hospitais, o que gera uma superlotação. ‘’Nós precisamos o quanto antes encontrar uma solução para esse pronto atendimento dos hospitais de Viçosa. Reivindicamos também que o hospital possa nos receber e estar dando atenção para aquilo que queremos dialogar’’, disse Bartô. 

Complementando a fala do colega, o Presidente da Câmara, Vereador Edenilson Oliveira (PSD), relatou que a Casa tem tentado constantemente contato com o hospital a fim de marcar uma reunião, mas sem retorno. Edenilson pontuou que ‘’se não conseguirmos marcar esse encontro vamos levar as demandas e as provas para que o Ministério Público possa intervir nessa situação’’. 

Adiante, Daniel Cabral (PCdoB) relatou outros problemas em relação ao assunto. ‘’A Secretaria de Saúde está perdendo pedidos de exames, as pessoas chegam ao local onde foram solicitados seus pedidos e simplesmente não encontram esses documentos. Sem contar os cidadãos que estão ficando meses e até anos nas filas dos hospitais e outros que não conseguem carros para irem fazer seus respectivos tratamentos fora da cidade. São demandas que tem aparecido constantemente na Câmara de Viçosa’’, disse o vereador.

Gilberto Brandão (Avante) contou que ‘’presenciei uma situação de uma mãe com criança de colo que não consegue receber um diagnóstico correto nem da UBS e nem no hospital sobre o problema de saúde que seu filho tem, e devido a isso tem que ficar voltando aos prontos atendimentos e esperar por horas para ser atendida’’. O parlamentar cobrou que o Executivo estude maneiras de voltar atenção e agilidade aos atendimentos preferenciais, como é o caso também dos idosos.

O Vereador Marco Cardoso (Marcão Paraíso) (PSDB) chamou atenção para a defasagem dos atendimentos médicos nas comunidades rurais. Marcão salientou que conversou com o Secretário Municipal de Saúde solicitando que tenha o retorno do ônibus adaptado para atendimento circulando na zona rural. Segundo o vereador, ‘’o objetivo é evitar o desgaste desses moradores, que muitas vezes têm que deslocar grandes distâncias para conseguirem atendimentos nas UBSs da cidade’’.

Por fim, enquanto Líder do Prefeito, o Vereador João Januário (João de Josino) (Cidadania), discordou de alguns pontos abordados, ao mencionar que ‘’a demanda da saúde é muito grande, mas na medida do possível todos os exames estão sendo marcados’’.

Fonte: Câmara Municipal de Viçosa / texto da estagiária Melina Matos sob a supervisão de Mônica Bernardi

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade