Prefeitura de Viçosa se reúne com Comitê para discutir situação epidemiológica da dengue
6 de abril de 2022

A Prefeitura de Viçosa realizou na última terça-feira (05), uma reunião com membros do Comitê de Enfrentamento às Arboviroses de Viçosa, com o objetivo de analisar a situação epidemiológica do município em relação às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, sendo elas: dengue, chikungunya e zika.

Durante a reunião, foram analisados os últimos números referentes à infestação do mosquito. As observações foram feitas através dos dados divulgados pelo 1º Levantamento de Índice Rápido (LIRAa) de 2022 – que coloca Viçosa em estado de alerta, e também, pelo resultado obtido através da experimentação de armadilhas de oviposição (ovitrampas) – ferramenta instalada em algumas residências para verificação da presença do mosquito através da contagem de ovos.

Além disso, para garantir o êxito nas ações, foi discutido sobre a necessidade do fortalecimento da parceria existente entre as secretarias e setores engajados no Comitê.

O Comitê de Enfrentamento às Arboviroses de Viçosa possui membros representantes da Secretaria Municipal de Governo, Secretaria de Educação, Secretaria de Fazenda, Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, Secretaria de Saúde, Diretoria de Transito, Diretoria de Comunicação e Saae.

Como lutar contra

O Aedes aegypti tem como criadouro os mais variados recipientes que possam acumular água parada, como os pratinhos dos vasos de planta. A fêmea do mosquito deposita seus ovos nas paredes internas desses pratos onde podem sobreviver por um ano, mesmo sem água, até encontrar as melhores condições para se desenvolverem.   

Por isso, a medida ideal e mais prática para evitar a proliferação do mosquito da dengue, a partir do seu jardim, é eliminar o uso de pratos de plantas. Portanto, se todos ajudarem, o combate ao Aedes aegypti pode ser mais eficaz na cidade de Viçosa.

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade