SES-MG alerta para baixa adesão à vacinação contra sarampo 
28 de abril de 2022

Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) alerta pais e responsáveis para a necessidade de levarem crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade ao posto de saúde mais próximo para vacinação gratuita contra o sarampo. Para estimular a ação, a SES-MG promove no próximo sábado (30/4), o Dia D de Mobilização. Nesta data, as Unidades Básicas de Saúde em todo o estado estarão abertas para a administração da vacina.

A 8ª Campanha Nacional de Seguimento contra o Sarampo teve início em 4/4 e segue até 3/6. Porém, até o dia 26/4, foram vacinadas apenas 128.323 crianças, de um total de 1.165.916 estimadas no Estado, pouco mais de 11%. Os dados são do sistema de informações do Ministério da Saúde. 

O alerta vale também para os trabalhadores da saúde, outro público contemplado nesta fase da campanha. Até o momento, se imunizaram 130.148 pessoas desse segmento, de um total estimado em 606.091 indivíduos em Minas Gerais (21,5%). 

O esquema vacinal prevê duas doses e o imunizante utilizado protege contra sarampo, caxumba e rubéola. Em 2021, a cobertura vacinal da primeira dose (D1) foi de 79,82% das crianças com 12 meses de idade, e da segunda (D2) foi de 64,52% das crianças com 15 meses de idade. A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de 95%. 

A SES-MG destaca que mais pessoas precisam ser imunizadas contra o sarampo, pois a vacina é a estratégia mais eficaz para interromper a circulação ativa do vírus no país, minimizar a carga da doença e proteger a população, além de reduzir a sobrecarga sobre os serviços de saúde em decorrência de mais esse agravo. 

“As vacinas salvam vidas, por isso é tão importante manter o cartão de vacina atualizado”, salienta a coordenadora do Programa de Imunizações da SES-MG, Josianne Dias Gusmão. “Pais e responsáveis devem levar as crianças para tomar a vacina e todos devem manter o cartão de vacina atualizado”, reforça a coordenadora. 

Sarampo 

O sarampo é uma doença infecciosa, aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbito, particularmente em crianças menores de um ano de idade. Porém, é prevenível por meio da administração da vacina tríplice viral. 

Segundo o Boletim Epidemiológico nº 11 Volume 53, do Ministério da Saúde, em 2021 foram confirmados 668 casos de sarampo no país, e em 2022 foram 9. Em Minas Gerais, foram confirmados 160 casos em 2019 e 24 em 2020. De 2021 até o momento não foram confirmados casos da doença no estado. 

Fonte: Agência Minas Gerais

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade