Vereadora mais votada na história de BH concede entrevista à Rádio Montanhesa
23 de junho de 2022

A vereadora mais votada da história de Belo Horizonte, Duda Salabert (PDT), concedeu uma entrevista exclusiva à Rádio Montanhesa na manhã desta quinta-feira (23). Durante o programa ‘Bom Dia Cidade’, a vereadora, acompanhada do vereador da cidade Daniel Cabral (PC do B), falaram sobre a segurança da comunidade LGBTQIA+, educação e mais.

Vale lembrar que os dois ministraram palestras, na última quarta-feira (22) na Universidade Federal de Viçosa (UFV) e na Univiçosa, debatendo assuntos relacionados à saúde da comunidade LGBTQIA+

Quando perguntada sobre o motivo de ter entrado na política, Duda contextualiza dizendo que é professora há mais de 20 anos e que entende que quando se une política e educação, é possível fazer transformações mais profundas na sociedade.

Em relação a segurança e saúde da comunidade LGBTQIA+, Duda ressalta que independente do ponto de vista político ou ideológico, é inadimissível qualquer tipo de violência, ferindo a condição humana do outro.

“Se queremos uma sociedade com justiça, precisamos de respeito à pluralidade”, afirmou a vereadora.

Educação

Pegando um gancho na questão da violência, Duda menciona que a educação é ponto chave nessa luta. Segundo ela, se o desejo é combater a violência, isso passa por colocar a educação com elemento fundamental no que diz respeito ao orçamento público.

“Queremos uma sociedade que tenha mais escolas do que cadeias (o Brasil tem a 3ª maior população carcerária do mundo)”, disse Duda.

Nesse sentido, o vereador Daniel Cabral mencionou o sucateamento que as universidades públicas, incluindo a UFV, estão passando, e as dificuldades enfrentadas pelas instituições de Ensino Superior estão enfrentando.

Além disso, ainda no que diz respeito à educação, Duda Salabert mencionou a necessidade de democratizar o acesso à universidade. Segundo ela, as leis de cotas foram muito importantes, mas é necessário discutir, agora, questões mais estruturantes, como o fim dos vestibulares.

“A argentina acabou com o vestibular, o México acabou com o vestibular, Bolívia, Cuba, só países vizinhos. Na Europa, diversos países também não tem. Precisamos trazer isso para o Brasil”, disse a vereadora mais votada da história de BH.

Ainda segundo ela, pessoas não universidade não são gastos, e sim investimento. Afinal, quando mais pessoas nas instituições de ensino, mais pesquisa e ciência é produzida.

Já em relação ao ensino de base, o vereador Daniel Cabral, de Viçosa, comentou da importância de implementar escolas com Ensino Técnico na cidade. Segundo ele, com a implementação desse modelo no município, os jovens sairiam do Ensino Médio bem mais qualificados.

Greve na educação

No que diz respeito à greve na educação, que atingiu vários âmbitos em Viçosa e em todo o Estado, Daniel relembra que o momento é delicado em todos os sentidos, já que a greve atingiu a rede estadual, municipal e privada. No entanto, afirma que não há muito o que discutir, e que o piso salarial é lei e deve ser pago.

A vereadora Duda complementa afirmando que o que deveria estar sendo discutido é o aumento e a valorização dos salários dos professores.

“Não tem como pensar num brasil soberano sem valorizar a educação e sem tornar a atividade de ser professor atrativo. O brasil está nos últimos lugares em que os jovens querem ser professores”, completou Duda.

Candidatura ao Senado

Para finalizar a entrevista, Duda comentou sobre a possibilidade de se candidatar ao senado. Segundo ela, é gratificante ver o apoio da população neste momento.

“Quem tem colocado o meu nome como pré-candidata ao Senado é a sociedade. Fico muito honrada de ver meu nome figurando em segundo ou terceiro colocado nas pesquisas. Mostra que o trabalho tem sido bem feito. Mas o que mais me preocupa hoje é que vivemos uma das maiores crises politicas do país, desemprego avançando, brasil de novo no mapa da fome, e precisamos criar um programa para que ajude o Brasil a superar isso”, finalizou.

https://fb.watch/dQs943Q1tk/

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade