Anatel libera ativação do 5G em cidades da Zona da Mata
31 de julho de 2023

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu liberar a faixa do 5G em 6 cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes a partir desta segunda-feira (31). São eles: Antônio CarlosBarbacenaBicasGoianáIbertioga e Santa Rita de Ibitipoca.

Foto: g1

De acordo com a Anatel, as operadoras de telefonia já podem solicitar a ativação do sinal nessas áreas. Vale lembrar que a liberação da faixa não significa implantação imediata da tecnologia.

“A instalação antecipada de estações de quinta geração nessas cidades depende do planejamento individual de cada prestadora”, disse a agência em nota.

O 5G deve chegar a todas as cidades do país até 2029, quando as operadoras devem instalar as antenas nas cidades de até 30 mil habitantes.

O que é o 5G e o que muda com ele?

5G é a nova geração de internet móvel, uma evolução da atual conexão 4G. A promessa é que a tecnologia trará mais velocidade para baixar e enviar arquivos, reduzirá o tempo de resposta entre diferentes dispositivos e tornará as conexões mais estáveis.

Qualquer celular poderá ter acesso ao 5G?

Não. Será preciso ter um celular compatível com a tecnologia.

O serviço é suportado por aparelhos mais recentes. No Brasil, são aproximadamente 70 celulares com capacidade para navegação na 5G. A lista completa de modelos, com divisão por fabricante, pode ser consultada aqui.

Quais são as vantagens do 5G?

diferença mais importante está na velocidade da internet. A média da velocidade 4G no Brasil entre as quatro maiores operadoras é de 17,1 Mbps (megabits por segundo). O 5G, por suave vez, pode chegar à velocidade entre 1 e 10 Gbps — uma diferença de 100 vezes ou mais em relação ao 4G.

O 4G vai acabar?

Não. Os celulares atuais continuarão funcionando nas redes 4G, 3G e 2G — essas conexões não deixarão de funcionar.

INFORMAÇÕES DO G1

publicidade

publicidade

publicidade