São Geraldo: homem é preso por violência doméstica e abuso sexual
8 de fevereiro de 2024

Durante apurações de violações à Lei Maria da Penha, a PCMG descobriu que o suspeito abusava das enteadas de 14 e 16 anos de idade.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) desencadeou, nesta quarta-feira (7/2), a operação Tolerância Zero, de combate à violência doméstica e familiar contra mulher e delitos sexuais contra criança e adolescente. Um homem, de 35 anos, foi preso em São Geraldo.

A equipe da Delegacia em Visconde do Rio Branco apurou que o suspeito teria cometido diversos delitos contra a ex-companheira, de 36 anos, além dos crimes de ameaça, difamação, injúria, violação de domicílio, furto e descumprimento de medidas protetivas de urgência.

As investigações também apontaram que o homem teria cometido crimes sexuais contra as suas enteadas de 14 e 16 anos - filhas de sua ex-companheira. A enteada de 14 anos era abusada sexualmente pelo suspeito desde os oito anos de idade, configurando estupro de vulnerável, já a menina de 16 anos, foi vítima de importunação sexual.

Diante da persistência do investigado, somado às ameaças - inclusive apontando fuga após concretizar o mal prometido -, a PCMG representou pela prisão preventiva, que foi deferida pela Justiça.

De posse do mandado de prisão, foi organizada a operação que efetivou a prisão do homem, que estava escondido em um imóvel na cidade de São Geraldo, cerca de 15 km de Visconde do Rio Branco.
Um aparelho celular foi apreendido para extração e análise de dados conforme autorização Judicial.

Fonte: PCMG

publicidade

publicidade

publicidade